Mesmo com toda a "preparação" e tendo a certeza que em algum momento isto aconteceria, não é nada fácil receber a notícia de que aquela pessoa tão próxima a você não mais irá dar o sorriso costumeiro, o abraço apertado. Que você já não poderá está no mesmo ambiente que aquela pessoa, conversar com ela e perde as horas num papo tão gostoso.
Perdi mais um avô. Sei muito bem que há pessoas que perderam seus pais, até mesmo filhos, mas é uma dor que nao passa e traz um choro incontrolável. Hoje entendo a dor que é.
Choro, pois somos humanos e a saudade é o sentimento mais cruel. Meu consolo, está sendo a certeza que a partida dele amenizou o sofrimento que ele vinha passando. Há 3 anos lutava contra um câncer. Tenho tanto orgulho do meu avô. Pois mesmo com metástases que se espalhavam por quase todo seu organismo, em nenhum momento se fez de coitado. Poderia está mal, mas sempre que perguntávamos como estava, respondia: Melhor do que ontem. Mesmo nos seus últimos minutos de vida, não baixou a guarda.
Hoje, peço a Deus que proporcione consolo a todos nossos parentes e espero algum dia poder encontra - lo na glória. Assim como meu outro avô.
Se você já passou ou está passando pela mesma situação que a minha, digo - te que chore. Escutei bastante pessoas pedindo para não fazei isto, que ele não me queria ver assim e tal, mas quando choramos libertamos tudo que está preso e parece que nos renovamos. Não sei quem você perdeu, mas tenha a certeza que um dia encontrará ela na glória de Cristo. Jamais entenderemos os mistérios da Deus, mas Ele sabe exatamente o porque da partida. Apenas entregue em oração, peça paz em seu coração, busque manter consigo apenas as melhores lembranças. Deixa o Espírito Santo trazer a tranquilidade que este momento é o que mais precisamos em nosso coração.
Um forte abraço!
A paz do Senhor!


Fala galera ! Tudo bem com vocês?

Como podem perceber,eu sou a nova colaboradora do blog. Em breve estarei abordando alguns temas bem legais. Espero que gostem (risos)!


Bom,quem nunca falou frases do tipo "Oh meu Deus,está passando rápido","2016 voou","Nossa,o Natal está tão perto"...e realmente,dezembro chegou rápido e com tudo.
Já faz um tempo que ando percebendo que é nessa época do ano em que a maioria das pessoas ficam mais desanimadas,e isso se deve ao fato, de mais um ano estar indo embora. As pessoas começam a refletir situações do tipo "Mais um ano se foi e eu continuo solteiro(a)" ou ainda "Mais um ano terminando e quase nada deu certo para o meu lado" e mais as tragédias ocorridas,coisas desse tipo,que vai nos deixando emocionalmente abalados.
Mas eu vim aqui dizer que existe um DEUS QUE FAZ MILAGRES e age a hora que ele quiser. VOCÊ crê que Deus pode mudar algo na sua vida ainda nesse final de 2016? Tenha fé e confie no Deus que você entregou todos os seus sonhos! Você quer fazer a sua vontade ou a vontade de Deus ?  se for a vontade de Deus,fique trankilo e descanse ,pois Ele te sustentou até aqui e tem tudo sobre controle.
"Aquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos,de acordo com o seu poder que atua em nós," Efésios 3:20 
Um abraço ,  Fiquem na paz !  





Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem; pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó. Salmos 103:13-14



Hoje não é o aniversário do meu pai ou dia 13 de agosto (dia dos pais) mas eu quero compartilhar sobre como é não saber o que é ter pai. Eu nunca soube o que é ter um pai. Quando eu era criança e eu tinha uns cinco anos, meu pai faleceu. Ele teve um AVC (ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL), ele foi se debilitando, minha mãe cuidava dele, ele ficou na cadeira de rodas e seu corpo estava cada vez mais paralisado. Já consegue imaginar que os meus dias com ele se encurtaram em quase nada. Eu nem lembro se me falaram sobre a morte dele naquela época, eu só lembro do velório que foi na área de nossa casa, alguns parentes que vieram de longe e uma tristeza profunda.

         Minha infância não foi fácil sem um pai, quando as pessoas ficavam sabendo que eu não tinha pai, elas ficavam lamentando o quanto eu era coitada, elas diziam assim: “tadinha, não tem pai!”, “coitada”. As pessoas eram assim, gostavam de lamentar mas nunca fizeram “nada” para a menina sem pai (risos). Ainda na infância eu ficava bem chateada com os rodeios e as comemorações que faziam na escola devido ao dia dos pais, eu chorava quando tinha homenagens, desejava a morte, sempre um coleguinha, Professor chegavam em mim perguntando cadê meu pai, essa era uma pergunta que eu sempre tinha que responder: quem é seu pai? No que seu pai trabalha? A infância foi o período que eu queria ter sabido o que é ter um pai, porque eu sentia falta, sentia falta de verdade, de saber a opinião de um pai a respeito de minhas atitudes, queria ter um pai para brigar comigo, sei lá o que mais um pai faz, minha mãe falava para mim que ela era meu pai e minha mãe, eu sempre a admirei por causa disso, ela sempre foi a mais completa possível para mim, sempre.

 Depois que eu cresci, eu vi que tinham outras pessoas que não tinham pai, eram filhos de pais separados ou por outras circunstâncias. Essa falta que eu tive na infância de um pai, não permaneceu na adolescência. Eu conheci Deus, eu tive uma facilidade de o reconhecer como Pai celestial, eu não tinha imagem alguma de pai, então eu não podia culpa-lo porque ele não tinha me feito nada, não tinha o porquê eu o rejeitar pois Deus me aceitou. Eu aceitei Deus como meu pai com muita facilidade, Ele estava me oferecendo aquilo que eu nunca tive, estava sendo o que ninguém nunca foi e estava me completando como jamais me completei.



Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os torna filhos por adoção, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai". O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus. Romanos 8:15-16


Vejam como é grande o amor que o Pai nos concedeu: sermos chamados filhos de Deus, o que de fato somos! Por isso o mundo não nos conhece, porque não o conheceu. 1 João 3:1

Contudo, Senhor, tu és o nosso Pai.
Nós somos o barro; tu és o oleiro.
Todos nós somos obra das tuas mãos.
Isaías 64:8  

Deixo uma música da Israela Claro que fala sobre pai para você ouvir. Aperte o play!




Fiz uma seleção das músicas que são muito boas para ouvir, para adorar, para entrar em sintonia com Deus. São louvores de diversos cantores diferentes, como vocês devem ter percebido, eu ouço diversos estilos. Então essa playlist de hoje está bem a minha cara. Espero que vocês gostem!!!
Aperte o play.





Título: Sonho de Amor
Autor: Hêzaro Viana
Editora: Romanceando
Páginas: 284 
Classificação:
Sinopse: Louise sonha em ser uma modelo famosa, mas a própria mãe, uma fanática religiosa, a persegue e a julga. Quando tem uma oportunidade, a jovem sai de casa com um desconhecido e paga o preço de sua escolha ao cair nas mãos de perigosos criminosos. Em seu maior desespero, recebe ajuda do empresário Olavo que facilita sua fuga da "casa" onde era explorada, e também do jovem policial Esdras, que logo se declara apaixonado por ela. De volta à casa dos pais, é expulsa pela mãe autoritária, que não a perdoa, e sua única alternativa é morar na casa do policial.
Ainda guardando um desejo de reencontrar Olavo, uma emergência faz com que ela e a família de Esdras se mudem para o interior, então, a surpresa: Louise e Olavo se reencontram, mas agora ela já está noiva de Esdras. Entre o dilema do amor e da gratidão, Bianca, a filha de Olavo, Patrícia, sua cunhada, o bandido Dominique, e a mãe de Louise, revelam suas mágoas em relação a ela e decretam o fim de sua felicidade. Resta saber qual deles será o pior de seus algozes e lhe infligirá o maior dos sofrimentos: a destruição do seu Sonho de Amor.

Resenha: Louise é uma jovem muito linda que acaba sendo enganada por um falso agente de modelos que faz ela se apaixonar por ele, acreditando que está indo embora para ser uma modelo de sucesso, Louise vai em busca de realizar o seu grande sonho de se tornar reconhecida e bem sucedida como modelo, sua mãe não aprova e nem aceita esse sonho dela até por ser cristã. O que ela não imaginava era que não existia nada de carreira como modelo e sim um trabalho como prostituta sendo explorada por um cafetão chamado Giovani. Então em um lugar estranho e com um monte de outras garotas de programa, bem longe dos princípios cristãos que sua família a ensinou. Obrigada a fazer programas para pagar uma dívida que só aumentava com Giovani. Em um dia Louise conhece Olavo, um empresário bem sucedido que a leva para um motel, com a cabeça cheia de preocupações por causa do estado de saúde de sua esposa, ele paga Louise apenas para conversar e não fazer programa. Os dois conversam e ele a entrega presentes caros e a quantia suficiente para ela se livrar de Giovani, e não se encontram mais. Porém, nessa vida de exploração ninguém sai tão fácil assim, Louise precisa lutar muito para conseguir se libertar dessa vida. Ajudada por Mirela, que também era garota de programa, e resgatada por Esdras, um jovem policial que a leva para morar com seus tios. Agora Louise deixa de ser garota de programa, ganha uma família e um namorado, Esdras e ela começam a se envolver. Em outra cidade e longe do seu passado Louise recomeça a vida. Na igreja ela reencontra Olavo, que ela não sabia que era cristão mas para ele não a reconhece. Os dois se aproximam em uma amizade e agora Louise fica dividida entre dois grandes homens. 
A leitura é leve e gostosa, no começo você fica com o coração a mil porque uma surpresa atrás da outra e depois quando tudo vai se estabilizando você fica mais tranquila e compreende o que o autor está querendo passar através da história. Uma história bem construída, cheia de emoção, um livro muito bem escrito.

Sobre o autor



http://40.media.tumblr.com/ba1c80d9d004782fb111527290db55c3/tumblr_o36crp4S0L1tm2a7qo2_1280.jpg 
Hêzaro Viana escreve desde a adolescência e é autor do romance Amar pra Sempre - No Mar da Vida e do livro Contos de Amor sem Fim que contém três histórias românticas. Agora, em Sonho de Amor, ele vem falar do poder que o sentimento mais nobre exerce sobre os sonhos e sobre a vida mesmo em tempos de frustrações. Hêzaro vive no Paraná com sua esposa Kelly e sua filha Joana.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

04/12/16

Uma dor que não passa...

Mesmo com toda a "preparação" e tendo a certeza que em algum momento isto aconteceria, não é nada fácil receber a notícia de que aquela pessoa tão próxima a você não mais irá dar o sorriso costumeiro, o abraço apertado. Que você já não poderá está no mesmo ambiente que aquela pessoa, conversar com ela e perde as horas num papo tão gostoso.
Perdi mais um avô. Sei muito bem que há pessoas que perderam seus pais, até mesmo filhos, mas é uma dor que nao passa e traz um choro incontrolável. Hoje entendo a dor que é.
Choro, pois somos humanos e a saudade é o sentimento mais cruel. Meu consolo, está sendo a certeza que a partida dele amenizou o sofrimento que ele vinha passando. Há 3 anos lutava contra um câncer. Tenho tanto orgulho do meu avô. Pois mesmo com metástases que se espalhavam por quase todo seu organismo, em nenhum momento se fez de coitado. Poderia está mal, mas sempre que perguntávamos como estava, respondia: Melhor do que ontem. Mesmo nos seus últimos minutos de vida, não baixou a guarda.
Hoje, peço a Deus que proporcione consolo a todos nossos parentes e espero algum dia poder encontra - lo na glória. Assim como meu outro avô.
Se você já passou ou está passando pela mesma situação que a minha, digo - te que chore. Escutei bastante pessoas pedindo para não fazei isto, que ele não me queria ver assim e tal, mas quando choramos libertamos tudo que está preso e parece que nos renovamos. Não sei quem você perdeu, mas tenha a certeza que um dia encontrará ela na glória de Cristo. Jamais entenderemos os mistérios da Deus, mas Ele sabe exatamente o porque da partida. Apenas entregue em oração, peça paz em seu coração, busque manter consigo apenas as melhores lembranças. Deixa o Espírito Santo trazer a tranquilidade que este momento é o que mais precisamos em nosso coração.
Um forte abraço!
A paz do Senhor!

01/12/16

Chegamos no último mês do Ano!

Fala galera ! Tudo bem com vocês?

Como podem perceber,eu sou a nova colaboradora do blog. Em breve estarei abordando alguns temas bem legais. Espero que gostem (risos)!


Bom,quem nunca falou frases do tipo "Oh meu Deus,está passando rápido","2016 voou","Nossa,o Natal está tão perto"...e realmente,dezembro chegou rápido e com tudo.
Já faz um tempo que ando percebendo que é nessa época do ano em que a maioria das pessoas ficam mais desanimadas,e isso se deve ao fato, de mais um ano estar indo embora. As pessoas começam a refletir situações do tipo "Mais um ano se foi e eu continuo solteiro(a)" ou ainda "Mais um ano terminando e quase nada deu certo para o meu lado" e mais as tragédias ocorridas,coisas desse tipo,que vai nos deixando emocionalmente abalados.
Mas eu vim aqui dizer que existe um DEUS QUE FAZ MILAGRES e age a hora que ele quiser. VOCÊ crê que Deus pode mudar algo na sua vida ainda nesse final de 2016? Tenha fé e confie no Deus que você entregou todos os seus sonhos! Você quer fazer a sua vontade ou a vontade de Deus ?  se for a vontade de Deus,fique trankilo e descanse ,pois Ele te sustentou até aqui e tem tudo sobre controle.
"Aquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos,de acordo com o seu poder que atua em nós," Efésios 3:20 
Um abraço ,  Fiquem na paz !  


30/11/16

Eu não sei o que é ter pai



Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o Senhor tem compaixão dos que o temem; pois ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó. Salmos 103:13-14



Hoje não é o aniversário do meu pai ou dia 13 de agosto (dia dos pais) mas eu quero compartilhar sobre como é não saber o que é ter pai. Eu nunca soube o que é ter um pai. Quando eu era criança e eu tinha uns cinco anos, meu pai faleceu. Ele teve um AVC (ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL), ele foi se debilitando, minha mãe cuidava dele, ele ficou na cadeira de rodas e seu corpo estava cada vez mais paralisado. Já consegue imaginar que os meus dias com ele se encurtaram em quase nada. Eu nem lembro se me falaram sobre a morte dele naquela época, eu só lembro do velório que foi na área de nossa casa, alguns parentes que vieram de longe e uma tristeza profunda.

         Minha infância não foi fácil sem um pai, quando as pessoas ficavam sabendo que eu não tinha pai, elas ficavam lamentando o quanto eu era coitada, elas diziam assim: “tadinha, não tem pai!”, “coitada”. As pessoas eram assim, gostavam de lamentar mas nunca fizeram “nada” para a menina sem pai (risos). Ainda na infância eu ficava bem chateada com os rodeios e as comemorações que faziam na escola devido ao dia dos pais, eu chorava quando tinha homenagens, desejava a morte, sempre um coleguinha, Professor chegavam em mim perguntando cadê meu pai, essa era uma pergunta que eu sempre tinha que responder: quem é seu pai? No que seu pai trabalha? A infância foi o período que eu queria ter sabido o que é ter um pai, porque eu sentia falta, sentia falta de verdade, de saber a opinião de um pai a respeito de minhas atitudes, queria ter um pai para brigar comigo, sei lá o que mais um pai faz, minha mãe falava para mim que ela era meu pai e minha mãe, eu sempre a admirei por causa disso, ela sempre foi a mais completa possível para mim, sempre.

 Depois que eu cresci, eu vi que tinham outras pessoas que não tinham pai, eram filhos de pais separados ou por outras circunstâncias. Essa falta que eu tive na infância de um pai, não permaneceu na adolescência. Eu conheci Deus, eu tive uma facilidade de o reconhecer como Pai celestial, eu não tinha imagem alguma de pai, então eu não podia culpa-lo porque ele não tinha me feito nada, não tinha o porquê eu o rejeitar pois Deus me aceitou. Eu aceitei Deus como meu pai com muita facilidade, Ele estava me oferecendo aquilo que eu nunca tive, estava sendo o que ninguém nunca foi e estava me completando como jamais me completei.



Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os torna filhos por adoção, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai". O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus. Romanos 8:15-16


Vejam como é grande o amor que o Pai nos concedeu: sermos chamados filhos de Deus, o que de fato somos! Por isso o mundo não nos conhece, porque não o conheceu. 1 João 3:1

Contudo, Senhor, tu és o nosso Pai.
Nós somos o barro; tu és o oleiro.
Todos nós somos obra das tuas mãos.
Isaías 64:8  

Deixo uma música da Israela Claro que fala sobre pai para você ouvir. Aperte o play!



29/11/16

Playlist gospel de adoração

Fiz uma seleção das músicas que são muito boas para ouvir, para adorar, para entrar em sintonia com Deus. São louvores de diversos cantores diferentes, como vocês devem ter percebido, eu ouço diversos estilos. Então essa playlist de hoje está bem a minha cara. Espero que vocês gostem!!!
Aperte o play.



28/11/16

Resenha: Sonho de Amor


Título: Sonho de Amor
Autor: Hêzaro Viana
Editora: Romanceando
Páginas: 284 
Classificação:
Sinopse: Louise sonha em ser uma modelo famosa, mas a própria mãe, uma fanática religiosa, a persegue e a julga. Quando tem uma oportunidade, a jovem sai de casa com um desconhecido e paga o preço de sua escolha ao cair nas mãos de perigosos criminosos. Em seu maior desespero, recebe ajuda do empresário Olavo que facilita sua fuga da "casa" onde era explorada, e também do jovem policial Esdras, que logo se declara apaixonado por ela. De volta à casa dos pais, é expulsa pela mãe autoritária, que não a perdoa, e sua única alternativa é morar na casa do policial.
Ainda guardando um desejo de reencontrar Olavo, uma emergência faz com que ela e a família de Esdras se mudem para o interior, então, a surpresa: Louise e Olavo se reencontram, mas agora ela já está noiva de Esdras. Entre o dilema do amor e da gratidão, Bianca, a filha de Olavo, Patrícia, sua cunhada, o bandido Dominique, e a mãe de Louise, revelam suas mágoas em relação a ela e decretam o fim de sua felicidade. Resta saber qual deles será o pior de seus algozes e lhe infligirá o maior dos sofrimentos: a destruição do seu Sonho de Amor.

Resenha: Louise é uma jovem muito linda que acaba sendo enganada por um falso agente de modelos que faz ela se apaixonar por ele, acreditando que está indo embora para ser uma modelo de sucesso, Louise vai em busca de realizar o seu grande sonho de se tornar reconhecida e bem sucedida como modelo, sua mãe não aprova e nem aceita esse sonho dela até por ser cristã. O que ela não imaginava era que não existia nada de carreira como modelo e sim um trabalho como prostituta sendo explorada por um cafetão chamado Giovani. Então em um lugar estranho e com um monte de outras garotas de programa, bem longe dos princípios cristãos que sua família a ensinou. Obrigada a fazer programas para pagar uma dívida que só aumentava com Giovani. Em um dia Louise conhece Olavo, um empresário bem sucedido que a leva para um motel, com a cabeça cheia de preocupações por causa do estado de saúde de sua esposa, ele paga Louise apenas para conversar e não fazer programa. Os dois conversam e ele a entrega presentes caros e a quantia suficiente para ela se livrar de Giovani, e não se encontram mais. Porém, nessa vida de exploração ninguém sai tão fácil assim, Louise precisa lutar muito para conseguir se libertar dessa vida. Ajudada por Mirela, que também era garota de programa, e resgatada por Esdras, um jovem policial que a leva para morar com seus tios. Agora Louise deixa de ser garota de programa, ganha uma família e um namorado, Esdras e ela começam a se envolver. Em outra cidade e longe do seu passado Louise recomeça a vida. Na igreja ela reencontra Olavo, que ela não sabia que era cristão mas para ele não a reconhece. Os dois se aproximam em uma amizade e agora Louise fica dividida entre dois grandes homens. 
A leitura é leve e gostosa, no começo você fica com o coração a mil porque uma surpresa atrás da outra e depois quando tudo vai se estabilizando você fica mais tranquila e compreende o que o autor está querendo passar através da história. Uma história bem construída, cheia de emoção, um livro muito bem escrito.

Sobre o autor



http://40.media.tumblr.com/ba1c80d9d004782fb111527290db55c3/tumblr_o36crp4S0L1tm2a7qo2_1280.jpg 
Hêzaro Viana escreve desde a adolescência e é autor do romance Amar pra Sempre - No Mar da Vida e do livro Contos de Amor sem Fim que contém três histórias românticas. Agora, em Sonho de Amor, ele vem falar do poder que o sentimento mais nobre exerce sobre os sonhos e sobre a vida mesmo em tempos de frustrações. Hêzaro vive no Paraná com sua esposa Kelly e sua filha Joana.