17/02/2018

Estamos presos?



"-Quero falar com você sobre um presente diferente-disse o pai chinês à sua linda filha de cabelos negros.
Ela gostava quando seu pai lhe ensinava lições especiais sobre Deus. Ele amava a Cristo profundamente e sua fé era uma inspiração para os dentro e para os de fora. Ele abriu sua Bíblia e disse: -Este presente se encontra em Filipenses 1:29.Lá diz:' Pois a vocês foi dado o privilégio de não apenas crer em Cristo,mas também de sofrer por ele.' Algo que nos é dado é um presente. E os dois presentes desse verso são crer e sofrer. Sofrimento que resulta da nossa fé em Deus é um presente precioso cujo valor só iremos compreender completamente quando chegarmos no céu.
A garota sorriu.
-Obrigada,pai - disse ela,enquanto o abraçava.-Eu entendi.
Aquela linda menina cresceu e se tornou a esposa do pastor chinês Li De Xian,que já foi preso tantas vezes por sua fé que já chega a quase cem o número total de seus aprisionamentos! Muitas vezes seu marido foi espancado, e ela mesma já sofreu ameaças e torturas por sua fé.Mas,com ou sem seu marido por perto, ela continua seu trabalho de evangelização que já levou milhares de chineses aos pés do Salvador.
Ela persevera porque aprendeu desde cedo que sofrer por Cristo é um presente e um privilégio.Um dia,questionada por estrangeiros sobre a perseguição que sofrem os cristãos na China,ela chocou a todos com a seguinte resposta:
-Não tenham dó dos cristãos da China.Pelo menos as perseguições nos mantém alertas para o fato de que estamos numa guerra espiritual. Sabemos para quem estamos lutando.Também sabemos quem é o inimigo. E lutamos todos os dias.Por isso,talvez sejamos nós,os cristãos da China,que devamos orar pelos cristãos dos países livres,pois com tanta diversão,tecnologia,facilidades e liberdade,muitos já não consigam perceber a guerra espiritual que os cerca.
Penso que a perseguição é o segredo que ao mesmo tempo explica o crescimento das nossas igrejas e a estagnação do Evangelho em vários países que possuem liberdade religiosa.Estamos livres no meio da perseguição,ao passo que,fora da China,muitos cristãos estão presos no meio de tanta liberdade".

Primeiramente quero me desculpar com vocês por não ter postado semana passada. Confesso que não sabia ao certo o que abordar e como foram aparecendo outros afazeres durante a semana acabei deixando só  para hoje. Esse texto acima que voce acabou de ler é do livro "Loucas por Jesus" do Pr Lucinho, onde ele aborda as palavras e uma parte da história de Zhao Xia.Achei interessante colocá-lo aqui pois tem tudo a ver com o quero falar. 
Nos dias hoje, vivemos a era do tecnologia, onde temos acesso mais rápido as informações.Diante disso,muitas inovações tem surgido e menos tempo temos tido. E a pergunta que eu faço: o que nós temos feito?
Essa pergunta corta pra mim também, pois estou precisando administrar meu tempo ao ponto de colocar sempre Deus em primeiro lugar. Ficamos preocupados com isso, com aquilo,colocando a ansiedade na frente de tudo ou  as vezes achamos que está tudo bem,não se importando tanto em passar mais  tempo com JESUS.
O que eu quero dizer é que existem  pessoas morrendo em outros países pelo nome de Jesus, por não negarem a fé com a chama do primeiro amor acessa ,enquanto nós estamos presos no meio da liberdade.Com tantos hobbies para nos ocuparmos acabamos esquecendo do essencial,do que verdadeiramente importa.Não que seja  errado se divertir, mas não podemos deixar isso ser a nossa prioridade de vida.
 As vezes pensamos  que nao sabemos fazer,que somos incapazes mas é preciso buscar o Reino.É Deus que capacita sim,mas temos que fazer nossa parte nas nossas escolhas pois a Bíblia diz que o povo perece por falta de conhecimento! 
 Infelizmente, se nós não estivermos atentos, iremos nos afastar aos poucos ao ponto de perdermos  a intimidade com Deus. Eu sei que muitos têm feito diferente,sei que por meio do Espírito Santo muitos movimentos tem se levantando, levando multidões a Jesus,mas e vc? E eu? Todos temos um propósito, temos responsabilidades diferentes, não podemos mais estar presos no pecado,na religiosidade, mas sim, vivermos a nossa liberdade em Cristo,pôr em prática a nossa fé.




01/02/2018

Sobre a Fé

Uma das coisas que Deus tem ministrado ao meu coração é sobre a fé. Sem fé é impossível agradar a Deus,sem fé, o medo e a incerteza prevalece. A fé é a base para salvação.É confiança e obediência,é o combustível do cristão.
Quando nos voltamos para Deus com fé, estamos dizendo a Ele que confiamos,esperamos que sua vontade seja feita na nossa vida. Ela tem haver com  saber que Deus fará o melhor por nós,que não importa o quanto as coisas estejam ao contrário,Deus pode dar um jeito de mudar alguma situação  da água pro vinho,mas as vezes estamos com pouca fé,ficamos na dúvida se Deus realmente está ali no controle de tudo,e então começamos a afundar como Pedro.Mas Jesus diz: Olhe para mim! Eu estou com você! Onde está a sua fé?
Uma pequena atitude de fé pode mudar o rumo da nossa história.É  claro que nem tudo vai acontecer do jeito que queremos,nem sempre vai dar certo,mas que venhamos manter a fé independentemente das circunstâncias,que venhamos lembrar que os Pensamentos dEle são maiores que o nossos,que sejamos flexíveis no que dizemos acreditar.Se você entregou a sua vida nas mãos de Deus,siga com fé, Deus é a nossa força,nosso guia  e continua fiel.

Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos. 2Coríntios 5:7

Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hebreus 11:1







26/01/2018

Playlist: Rodolfo Abrantes


  Rodolfo Abrantes é pastor,cantor e compositor que viaja pelo Brasil.Separei algumas de suas músicas belíssimas após sua conversão: Acompanhe:


                 
Isaías 9



                  
Nível raso



                  
No teu jardim




Mar de vidro 





                   
Pisaduras 




Há um lugar pra mim





Ninguém por perto 






18/01/2018

De vez em quando...

   De vez em quando,precisamos lembrar que cada um tem a sua história única. Que o seu jeito não vai funcionar no outro e que cada um tem a sua beleza própria!

  De vez em quando, precisamos lembrar que somos diferentes,que todos possuem suas lutas pessoais e embora estejamos no caminho da perfeição,nunca seremos perfeitos! 


  De vez em quando, precisamos lembrar que ninguém é melhor do que ninguém;que a vida é um sopro,uma hora vc está aqui, outra hora pode não estar .Por isso, precisamos viver com menos julgamento e mais amor;menos superioridade e mais humildade. menos egoísmo,mais empatia,gastar mais tempo ajudando ao invés de só opinar.


 É tempo de se atualizar,revê prioridades e refletir: no que EU posso melhorar? Seja a mudança que você quer ver no mundo! Pra que perder tempo mendigando amor?falando mal de alguém? Se comparando? Porque não relaxar? ler um livro? praticar um esporte? Apreciar o espetáculo do nascer e pôr do Sol ou passar tempo com pessoas que te amam? Mas não, preferimos ficar presos na tecnologia,tomando conta da vida dos outros,remoendo o passado e reclamando de alguma coisa. Porque não experimentar fazer diferente? Porque não se aproximar dAquele que não desiste de você? Pra que correr atrás do vento se somente Deus preenche vazios?

   De vez em quando,precisamos parar e analisar:onde estamos pisando e o que estamos fazendo está  valendo a pena?
Nos prendemos  muito no que os outros vão pensar de nós mas isso não é ser você. Nunca deixe que ditem o seu valor.A caminhada é difícil mas lembre-se sempre de quem você é em Deus. Sabe o vaso? Ele foi criado  para ser um vaso.A mesma coisa acontece com você; você nasceu com um propósito,não tente copiar os outros.Busque em Deus o que você nasceu para fazer e descanse nos braços dEle. É, de vez em quando precisamos lembrar.






12/01/2018

[Resenha] A Busca


Nome: A busca
Autores: Sean McDowell and Bob Hostetler
Editora: Bvbooks
Ano: 2015
Páginas: 323
                                                              Pontos: ♥ ♥ ♥ ♥ 


[Sinopse] Um único telefonema lançou a jovem Emma Seeger, de vinte e três anos, em uma longa jornada que se tornou mais perigosa e cheia de consequências do que ela poderia imaginar...ou temer. A ligação é da mulher que Emma mais despreza no mundo - sua madrasta. Aquela que havia tirado Daniel dos braços de Emma. Ela o transformou em um cristão "nascido de novo", casou-se com ele e o arrastou para Israel, onde trabalhavam como missionários - uma função que Emma via como distorcida ou como algo completamente perigoso.
Emma descobre que seu pai desapareceu em meio à crescente tensão política e violência do momento. Após recentes esforços para tentar encontrá-lo fracassarem, Emma embarca em uma odisseia repleta de aventura, frustração, perigo em companhia improvável - sua madrasta, Katya -, cuja fé causa repulsa em Emma e a intriga. Suas incompatíveis personalidades e convicção podem até mesmo pôr em risco o sucesso do único objetivo que têm em comum: encontrar Daniel e trazê-lo de volta em segurança.

ELAS SE UNIRÃO PARA ENCONTRÁ-LO ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS OU OS SEUS MAIORES MEDOS SE TORNARÃO REALIDADE?

[Resenha] Emma Seeger é uma jovem comum, 23 anos e que está cursando uma Universidade longe de seu pai, morando distante, trabalhando como babá para passar seus estudos, Emma se encontra em uma situação financeira não tão favorável, o que a faz trancar seu curso. Há poucos dias seu pai que era viúva a notifica que iria casar e que ela iria ter uma madrasta, Emma sem entender muito bem como seu pai já iria se casar e que agora teria se tornado um cristão, algo que não entrava na cabeça de Emma. Depois do casamento de seu pai, o Daniel, ele com sua esposa Katya vão morar em Israel, tornando-se missionários. Eles estão em uma missão em terra distante e perigosa. Emma não gosta de sua madrasta por ela ter te tirado o homem que ela mais amava e sua única família no mundo.
Israel encontra-se repleta de terroristas que ameaçam e matam pessoas a todo momento, nesse meio tempo algo de ruim acontece e Daniel, pai de Emma encontra-se desaparecido. Nos Estados Unidos, Emma recebe a notícia por Katya, sua madrasta de que seu pai desapareceu. Ao saber disso Emma parte em busca de resposta na tentativa de encontrar seu pai de volta, no avião ela conhece um rapaz encantador chamado Travis, o qual diz que ligará para ela em breve quando ela chegar em Israel.
Quando Emma chega lá, em busca de encontrar seu pai, Emma e Katya contratam uma empresa de segurança privada (Inteligência Compreensiva e de Defesa - ICD), para ajudá-las na busca de Daniel, o qual não possuíam nenhuma informação sobre o que de fato aconteceu. Enquanto elas saiam na procura dele, Emma foi aos poucos conhecendo quem sua madrasta era de verdade, andando por Israel, Emma foi ficando mais próxima da mulher que conquistara o coração de seu pai. Não sobre o que ela pensara que Katya fosse, mais com o passar dos dias Katya foi compartilhando suas experiências e os motivos de ser uma cristã tão devota á Deus. Por mais que as esperanças de encontrar seu pai estivessem desaparecendo, Katya se mostrava cada vez mais confiante e tranquila em relação á Deus, escrevendo em seu diário e lendo á Bíblia como sempre fizera. Enquanto Emma não compreendia os motivos e muito menos Deus... Sem notícias de seu pai, sem notícias de Travis, o rapaz que Emma conhecera no avião, Emma se encontrava em outro país, junto com sua madrasta que passou a mostrar á ela uma nova forma de ver a vida.
Repleto de suspense e incógnitas que fazem com que o leitor fique de olho do começo até o fim, a leitura é leve e não cansa. Mostra o que pode acontecer quando se sai em uma missão e ao mesmo tempo nos traz a esperança de que vale á pena estar nas mãos de Deus sob qualquer circunstância. O que é bom no livro é o fato de fugir do padrão de livros de ficção cristã, faz você viajar por entre a terra santa e ao mesmo tempo reviver alguns lugares onde personagens bíblicos viveram sem se perder da história atual que está sendo contada.

Frases


Ela era cristã. Eu não sabia disso e provavelmente não seria sua paciente se soubesse. Porém, alguns meses depois de me consultar, ela já sabia bastante a meu respeito para me receitar algo que eu não teria pensado sozinha. Pág 212

É como dizer: Deus tem seus motivos; você nunca irá entender; se acostume a isso. Pág 217

Bem, eu não sou a única que diz isso. A História também diz. Pág 243

Você disse: "Todos nós estamos procurando, mas nem todos nós sabemos disso." Pág 322



11/01/2018

[Resenha] Pisando em cacos de vidro



A autora M. Cristina Oliveira lançou seu terceiro livro no ano passado (2017) e o livro tem um cenário e uma história diferente dos dois anteriores, para quem ainda não sabe do que eu estou falando, tem resenha do livro Degraus e Intimidade que são de sua autoria.

Nome: Pisando em cacos de vidro
Autora: M.Cristina Oliveira
Páginas: 143
Editora: Litteris
Ano: 2017
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ 

[Sinopse] Olhando o nosso reflexo nesse espelho, percebemos exatamente o que ele tem para nos dizer. Vemos claramente, tudo aquilo o que queríamos esconder, vemos tudo o que precisamos mudar. Percebemos os nossos erros. Vemos as nossas falhas.
Por mais que tentemos, não conseguimos desviar os nossos olhos do terrível reflexo. O espelho nos prende. Tudo o que conseguimos é ir ao mais profundo da nossa alma e lá descobrimos o lado negro que existe dentro de cada um de nós.
Este livro é uma catarse que soma uma vida inteira de buscas e sonhos e que ao final nos presenteia com algo maior que tudo.
Pisando em Cacos de Vidro é uma ficção que nos leva a conhecer de perto a realidade de cada um de nós, com erros, acertos e a certeza de um novo amanhã.

[Resenha] Nessa narrativa encontramos a história de vida de Victor que ao encontra-se com setenta e cinco anos, morando em Montreal (Canadá), contando a partir de sua própria perspectiva como era sua vida desde os seus dezesseis anos para a sua neta Alex. A história vai sendo contada em dois diferentes momentos, o presente com Victor em seus setenta e cinco anos e o segundo onde ele está em sua juventude fazendo todas as escolhas de sua vida. Victor era um adolescente rebelde, não respeitava seus pais e não queria nenhuma aproximação com o Deus que seus pais serviam, seu pai e sua mãe eram um casal inter-racial e o Victor puxou a cor de seu pai, ele era negro, chegando a sofrer racismo, sendo vítima de violência, enquanto seus pais lutam constantemente para que Victor fosse para outro rumo. Algumas escolhas não tem volta e outras tem, Victor chega ao ponto de encontrar o amor de sua vida mas por suas escolhas erradas acaba perdendo-a e com isso perde a chance de saber o que aconteceu depois disso. Entre Brasil e Canadá, entre escolhas erradas e consequências, a autora vai trazendo para o seu leitor a vida de personagens que complementam a história como Kátia e Daniel, pais de Victor, Igor ,seu melhor amigo, Isis, o amor de sua vida, Alex, sua neta, Ágatha, sua filha e entre outros. 
Dois homens em um só, um novo que pensava que era dono de toda a verdade e que pensava que sabia de tudo, um velho e sábio que conseguiu aprender com todas as escolhas erradas que fez durante os anos de sua vida. O que surpreende é que em meio a os momentos em que Victor passa, um presente muda a sua vida e o rumo de sua história, um presente que chega em um momento em que ele não esperava e que tem um significado que ele não conhecera. 
Quando Victor começa a contar o que lhe ocorrera naqueles tempos que era jovem, temos a plena certeza de que ele faria tudo diferente mas ao mesmo tempo sabemos que ele aprendeu com tudo o que viveu. A autora conseguiu descrever duas importantes características, do antes e depois de alguém que passa por muitas escolhas erradas em sua vida. É um livro que não descreve sobre religiosidade mas um livro que descreve como Deus pode agir em meio a situações do dia a dia de um ser humano. O livro reforça a ideia de que nossas ações são mais valiosas que nossas palavras. A leitura prende-nos do começo ao fim, é uma leitura leve e tranquila. 
Eu quero parabenizar a autora pela excelente história, pelo personagem sábio que compartilha as experiências de se viver sem um relacionamento profundo com o Criador e viver uma vida sem um propósito não vale a pena. Conseguiu falar sobre problemas sociais fazendo com que a história se aproximasse a realidade. 

Frases

                                      Pág 76


A felicidade é feita de momentos. São os momentos de sorrisos, os momentos de amor, são as ações simples de demonstração de carinho. A felicidade está nas pequenas coisas do dia a dia. Pág 35

- A única maneira que temos para proteger alguém é estar sempre orando por essa pessoa e deixando-as nas mãos do Criador. Pág 37

[...] ele olhou para mim e disse que o seu propósito comigo havia terminado e o meu propósito no mundo estava apenas começando. Pág 108

A sua cor, a sua religião, o seu passado, os seus medos; não podem servir como desculpas para o seu fracasso, pois você possui o Criador do universo como o seu aliado. Pág 113

A vida é um constante caminhar sobre cacos de vidros, e o pior é que muitas vezes estamos descalços e sem nenhuma proteção em nossos pés. Pág 141




04/01/2018

O recomeço

Recomeçar é começar novamente.É você dar uma nova chance a si mesmo. É você fazer diferente,é deixar o passado para trás,é você continuar tentando até acertar.
Nao importa em qual área paramos ou deixamos de ter fé, nunca é tarde para fazer diferente e seguir com determinação, pois vencemos mais um calendário e com a certeza de que Deus cuida de nós não precisamos temer ao que virá. 
É importante lembrar  que se continuarmos a  fazer as mesmas coisas,não teremos resultados diferentes, e eu digo isto num modo geral,no sentido de estudar mais ou investir nos dons que Deus te deu,ou vc quer continuar gastando seu tempo em alguma rede social ? Sempre há algo a melhorar! 
2018 é um livro que ainda está praticamente em branco.Você tem a chance de perdoar,se aproximar,de buscar mais a Deus,de fazer um curso,esporte,falar mais de Jesus...a lista é grande! Mas só depende de você! E aí,vamos recomeçar?




17/02/2018

Estamos presos?



"-Quero falar com você sobre um presente diferente-disse o pai chinês à sua linda filha de cabelos negros.
Ela gostava quando seu pai lhe ensinava lições especiais sobre Deus. Ele amava a Cristo profundamente e sua fé era uma inspiração para os dentro e para os de fora. Ele abriu sua Bíblia e disse: -Este presente se encontra em Filipenses 1:29.Lá diz:' Pois a vocês foi dado o privilégio de não apenas crer em Cristo,mas também de sofrer por ele.' Algo que nos é dado é um presente. E os dois presentes desse verso são crer e sofrer. Sofrimento que resulta da nossa fé em Deus é um presente precioso cujo valor só iremos compreender completamente quando chegarmos no céu.
A garota sorriu.
-Obrigada,pai - disse ela,enquanto o abraçava.-Eu entendi.
Aquela linda menina cresceu e se tornou a esposa do pastor chinês Li De Xian,que já foi preso tantas vezes por sua fé que já chega a quase cem o número total de seus aprisionamentos! Muitas vezes seu marido foi espancado, e ela mesma já sofreu ameaças e torturas por sua fé.Mas,com ou sem seu marido por perto, ela continua seu trabalho de evangelização que já levou milhares de chineses aos pés do Salvador.
Ela persevera porque aprendeu desde cedo que sofrer por Cristo é um presente e um privilégio.Um dia,questionada por estrangeiros sobre a perseguição que sofrem os cristãos na China,ela chocou a todos com a seguinte resposta:
-Não tenham dó dos cristãos da China.Pelo menos as perseguições nos mantém alertas para o fato de que estamos numa guerra espiritual. Sabemos para quem estamos lutando.Também sabemos quem é o inimigo. E lutamos todos os dias.Por isso,talvez sejamos nós,os cristãos da China,que devamos orar pelos cristãos dos países livres,pois com tanta diversão,tecnologia,facilidades e liberdade,muitos já não consigam perceber a guerra espiritual que os cerca.
Penso que a perseguição é o segredo que ao mesmo tempo explica o crescimento das nossas igrejas e a estagnação do Evangelho em vários países que possuem liberdade religiosa.Estamos livres no meio da perseguição,ao passo que,fora da China,muitos cristãos estão presos no meio de tanta liberdade".

Primeiramente quero me desculpar com vocês por não ter postado semana passada. Confesso que não sabia ao certo o que abordar e como foram aparecendo outros afazeres durante a semana acabei deixando só  para hoje. Esse texto acima que voce acabou de ler é do livro "Loucas por Jesus" do Pr Lucinho, onde ele aborda as palavras e uma parte da história de Zhao Xia.Achei interessante colocá-lo aqui pois tem tudo a ver com o quero falar. 
Nos dias hoje, vivemos a era do tecnologia, onde temos acesso mais rápido as informações.Diante disso,muitas inovações tem surgido e menos tempo temos tido. E a pergunta que eu faço: o que nós temos feito?
Essa pergunta corta pra mim também, pois estou precisando administrar meu tempo ao ponto de colocar sempre Deus em primeiro lugar. Ficamos preocupados com isso, com aquilo,colocando a ansiedade na frente de tudo ou  as vezes achamos que está tudo bem,não se importando tanto em passar mais  tempo com JESUS.
O que eu quero dizer é que existem  pessoas morrendo em outros países pelo nome de Jesus, por não negarem a fé com a chama do primeiro amor acessa ,enquanto nós estamos presos no meio da liberdade.Com tantos hobbies para nos ocuparmos acabamos esquecendo do essencial,do que verdadeiramente importa.Não que seja  errado se divertir, mas não podemos deixar isso ser a nossa prioridade de vida.
 As vezes pensamos  que nao sabemos fazer,que somos incapazes mas é preciso buscar o Reino.É Deus que capacita sim,mas temos que fazer nossa parte nas nossas escolhas pois a Bíblia diz que o povo perece por falta de conhecimento! 
 Infelizmente, se nós não estivermos atentos, iremos nos afastar aos poucos ao ponto de perdermos  a intimidade com Deus. Eu sei que muitos têm feito diferente,sei que por meio do Espírito Santo muitos movimentos tem se levantando, levando multidões a Jesus,mas e vc? E eu? Todos temos um propósito, temos responsabilidades diferentes, não podemos mais estar presos no pecado,na religiosidade, mas sim, vivermos a nossa liberdade em Cristo,pôr em prática a nossa fé.




01/02/2018

Sobre a Fé

Uma das coisas que Deus tem ministrado ao meu coração é sobre a fé. Sem fé é impossível agradar a Deus,sem fé, o medo e a incerteza prevalece. A fé é a base para salvação.É confiança e obediência,é o combustível do cristão.
Quando nos voltamos para Deus com fé, estamos dizendo a Ele que confiamos,esperamos que sua vontade seja feita na nossa vida. Ela tem haver com  saber que Deus fará o melhor por nós,que não importa o quanto as coisas estejam ao contrário,Deus pode dar um jeito de mudar alguma situação  da água pro vinho,mas as vezes estamos com pouca fé,ficamos na dúvida se Deus realmente está ali no controle de tudo,e então começamos a afundar como Pedro.Mas Jesus diz: Olhe para mim! Eu estou com você! Onde está a sua fé?
Uma pequena atitude de fé pode mudar o rumo da nossa história.É  claro que nem tudo vai acontecer do jeito que queremos,nem sempre vai dar certo,mas que venhamos manter a fé independentemente das circunstâncias,que venhamos lembrar que os Pensamentos dEle são maiores que o nossos,que sejamos flexíveis no que dizemos acreditar.Se você entregou a sua vida nas mãos de Deus,siga com fé, Deus é a nossa força,nosso guia  e continua fiel.

Porque vivemos por fé, e não pelo que vemos. 2Coríntios 5:7

Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hebreus 11:1







26/01/2018

Playlist: Rodolfo Abrantes


  Rodolfo Abrantes é pastor,cantor e compositor que viaja pelo Brasil.Separei algumas de suas músicas belíssimas após sua conversão: Acompanhe:


                 
Isaías 9



                  
Nível raso



                  
No teu jardim




Mar de vidro 





                   
Pisaduras 




Há um lugar pra mim





Ninguém por perto 






18/01/2018

De vez em quando...

   De vez em quando,precisamos lembrar que cada um tem a sua história única. Que o seu jeito não vai funcionar no outro e que cada um tem a sua beleza própria!

  De vez em quando, precisamos lembrar que somos diferentes,que todos possuem suas lutas pessoais e embora estejamos no caminho da perfeição,nunca seremos perfeitos! 


  De vez em quando, precisamos lembrar que ninguém é melhor do que ninguém;que a vida é um sopro,uma hora vc está aqui, outra hora pode não estar .Por isso, precisamos viver com menos julgamento e mais amor;menos superioridade e mais humildade. menos egoísmo,mais empatia,gastar mais tempo ajudando ao invés de só opinar.


 É tempo de se atualizar,revê prioridades e refletir: no que EU posso melhorar? Seja a mudança que você quer ver no mundo! Pra que perder tempo mendigando amor?falando mal de alguém? Se comparando? Porque não relaxar? ler um livro? praticar um esporte? Apreciar o espetáculo do nascer e pôr do Sol ou passar tempo com pessoas que te amam? Mas não, preferimos ficar presos na tecnologia,tomando conta da vida dos outros,remoendo o passado e reclamando de alguma coisa. Porque não experimentar fazer diferente? Porque não se aproximar dAquele que não desiste de você? Pra que correr atrás do vento se somente Deus preenche vazios?

   De vez em quando,precisamos parar e analisar:onde estamos pisando e o que estamos fazendo está  valendo a pena?
Nos prendemos  muito no que os outros vão pensar de nós mas isso não é ser você. Nunca deixe que ditem o seu valor.A caminhada é difícil mas lembre-se sempre de quem você é em Deus. Sabe o vaso? Ele foi criado  para ser um vaso.A mesma coisa acontece com você; você nasceu com um propósito,não tente copiar os outros.Busque em Deus o que você nasceu para fazer e descanse nos braços dEle. É, de vez em quando precisamos lembrar.






12/01/2018

[Resenha] A Busca


Nome: A busca
Autores: Sean McDowell and Bob Hostetler
Editora: Bvbooks
Ano: 2015
Páginas: 323
                                                              Pontos: ♥ ♥ ♥ ♥ 


[Sinopse] Um único telefonema lançou a jovem Emma Seeger, de vinte e três anos, em uma longa jornada que se tornou mais perigosa e cheia de consequências do que ela poderia imaginar...ou temer. A ligação é da mulher que Emma mais despreza no mundo - sua madrasta. Aquela que havia tirado Daniel dos braços de Emma. Ela o transformou em um cristão "nascido de novo", casou-se com ele e o arrastou para Israel, onde trabalhavam como missionários - uma função que Emma via como distorcida ou como algo completamente perigoso.
Emma descobre que seu pai desapareceu em meio à crescente tensão política e violência do momento. Após recentes esforços para tentar encontrá-lo fracassarem, Emma embarca em uma odisseia repleta de aventura, frustração, perigo em companhia improvável - sua madrasta, Katya -, cuja fé causa repulsa em Emma e a intriga. Suas incompatíveis personalidades e convicção podem até mesmo pôr em risco o sucesso do único objetivo que têm em comum: encontrar Daniel e trazê-lo de volta em segurança.

ELAS SE UNIRÃO PARA ENCONTRÁ-LO ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS OU OS SEUS MAIORES MEDOS SE TORNARÃO REALIDADE?

[Resenha] Emma Seeger é uma jovem comum, 23 anos e que está cursando uma Universidade longe de seu pai, morando distante, trabalhando como babá para passar seus estudos, Emma se encontra em uma situação financeira não tão favorável, o que a faz trancar seu curso. Há poucos dias seu pai que era viúva a notifica que iria casar e que ela iria ter uma madrasta, Emma sem entender muito bem como seu pai já iria se casar e que agora teria se tornado um cristão, algo que não entrava na cabeça de Emma. Depois do casamento de seu pai, o Daniel, ele com sua esposa Katya vão morar em Israel, tornando-se missionários. Eles estão em uma missão em terra distante e perigosa. Emma não gosta de sua madrasta por ela ter te tirado o homem que ela mais amava e sua única família no mundo.
Israel encontra-se repleta de terroristas que ameaçam e matam pessoas a todo momento, nesse meio tempo algo de ruim acontece e Daniel, pai de Emma encontra-se desaparecido. Nos Estados Unidos, Emma recebe a notícia por Katya, sua madrasta de que seu pai desapareceu. Ao saber disso Emma parte em busca de resposta na tentativa de encontrar seu pai de volta, no avião ela conhece um rapaz encantador chamado Travis, o qual diz que ligará para ela em breve quando ela chegar em Israel.
Quando Emma chega lá, em busca de encontrar seu pai, Emma e Katya contratam uma empresa de segurança privada (Inteligência Compreensiva e de Defesa - ICD), para ajudá-las na busca de Daniel, o qual não possuíam nenhuma informação sobre o que de fato aconteceu. Enquanto elas saiam na procura dele, Emma foi aos poucos conhecendo quem sua madrasta era de verdade, andando por Israel, Emma foi ficando mais próxima da mulher que conquistara o coração de seu pai. Não sobre o que ela pensara que Katya fosse, mais com o passar dos dias Katya foi compartilhando suas experiências e os motivos de ser uma cristã tão devota á Deus. Por mais que as esperanças de encontrar seu pai estivessem desaparecendo, Katya se mostrava cada vez mais confiante e tranquila em relação á Deus, escrevendo em seu diário e lendo á Bíblia como sempre fizera. Enquanto Emma não compreendia os motivos e muito menos Deus... Sem notícias de seu pai, sem notícias de Travis, o rapaz que Emma conhecera no avião, Emma se encontrava em outro país, junto com sua madrasta que passou a mostrar á ela uma nova forma de ver a vida.
Repleto de suspense e incógnitas que fazem com que o leitor fique de olho do começo até o fim, a leitura é leve e não cansa. Mostra o que pode acontecer quando se sai em uma missão e ao mesmo tempo nos traz a esperança de que vale á pena estar nas mãos de Deus sob qualquer circunstância. O que é bom no livro é o fato de fugir do padrão de livros de ficção cristã, faz você viajar por entre a terra santa e ao mesmo tempo reviver alguns lugares onde personagens bíblicos viveram sem se perder da história atual que está sendo contada.

Frases


Ela era cristã. Eu não sabia disso e provavelmente não seria sua paciente se soubesse. Porém, alguns meses depois de me consultar, ela já sabia bastante a meu respeito para me receitar algo que eu não teria pensado sozinha. Pág 212

É como dizer: Deus tem seus motivos; você nunca irá entender; se acostume a isso. Pág 217

Bem, eu não sou a única que diz isso. A História também diz. Pág 243

Você disse: "Todos nós estamos procurando, mas nem todos nós sabemos disso." Pág 322



11/01/2018

[Resenha] Pisando em cacos de vidro



A autora M. Cristina Oliveira lançou seu terceiro livro no ano passado (2017) e o livro tem um cenário e uma história diferente dos dois anteriores, para quem ainda não sabe do que eu estou falando, tem resenha do livro Degraus e Intimidade que são de sua autoria.

Nome: Pisando em cacos de vidro
Autora: M.Cristina Oliveira
Páginas: 143
Editora: Litteris
Ano: 2017
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ 

[Sinopse] Olhando o nosso reflexo nesse espelho, percebemos exatamente o que ele tem para nos dizer. Vemos claramente, tudo aquilo o que queríamos esconder, vemos tudo o que precisamos mudar. Percebemos os nossos erros. Vemos as nossas falhas.
Por mais que tentemos, não conseguimos desviar os nossos olhos do terrível reflexo. O espelho nos prende. Tudo o que conseguimos é ir ao mais profundo da nossa alma e lá descobrimos o lado negro que existe dentro de cada um de nós.
Este livro é uma catarse que soma uma vida inteira de buscas e sonhos e que ao final nos presenteia com algo maior que tudo.
Pisando em Cacos de Vidro é uma ficção que nos leva a conhecer de perto a realidade de cada um de nós, com erros, acertos e a certeza de um novo amanhã.

[Resenha] Nessa narrativa encontramos a história de vida de Victor que ao encontra-se com setenta e cinco anos, morando em Montreal (Canadá), contando a partir de sua própria perspectiva como era sua vida desde os seus dezesseis anos para a sua neta Alex. A história vai sendo contada em dois diferentes momentos, o presente com Victor em seus setenta e cinco anos e o segundo onde ele está em sua juventude fazendo todas as escolhas de sua vida. Victor era um adolescente rebelde, não respeitava seus pais e não queria nenhuma aproximação com o Deus que seus pais serviam, seu pai e sua mãe eram um casal inter-racial e o Victor puxou a cor de seu pai, ele era negro, chegando a sofrer racismo, sendo vítima de violência, enquanto seus pais lutam constantemente para que Victor fosse para outro rumo. Algumas escolhas não tem volta e outras tem, Victor chega ao ponto de encontrar o amor de sua vida mas por suas escolhas erradas acaba perdendo-a e com isso perde a chance de saber o que aconteceu depois disso. Entre Brasil e Canadá, entre escolhas erradas e consequências, a autora vai trazendo para o seu leitor a vida de personagens que complementam a história como Kátia e Daniel, pais de Victor, Igor ,seu melhor amigo, Isis, o amor de sua vida, Alex, sua neta, Ágatha, sua filha e entre outros. 
Dois homens em um só, um novo que pensava que era dono de toda a verdade e que pensava que sabia de tudo, um velho e sábio que conseguiu aprender com todas as escolhas erradas que fez durante os anos de sua vida. O que surpreende é que em meio a os momentos em que Victor passa, um presente muda a sua vida e o rumo de sua história, um presente que chega em um momento em que ele não esperava e que tem um significado que ele não conhecera. 
Quando Victor começa a contar o que lhe ocorrera naqueles tempos que era jovem, temos a plena certeza de que ele faria tudo diferente mas ao mesmo tempo sabemos que ele aprendeu com tudo o que viveu. A autora conseguiu descrever duas importantes características, do antes e depois de alguém que passa por muitas escolhas erradas em sua vida. É um livro que não descreve sobre religiosidade mas um livro que descreve como Deus pode agir em meio a situações do dia a dia de um ser humano. O livro reforça a ideia de que nossas ações são mais valiosas que nossas palavras. A leitura prende-nos do começo ao fim, é uma leitura leve e tranquila. 
Eu quero parabenizar a autora pela excelente história, pelo personagem sábio que compartilha as experiências de se viver sem um relacionamento profundo com o Criador e viver uma vida sem um propósito não vale a pena. Conseguiu falar sobre problemas sociais fazendo com que a história se aproximasse a realidade. 

Frases

                                      Pág 76


A felicidade é feita de momentos. São os momentos de sorrisos, os momentos de amor, são as ações simples de demonstração de carinho. A felicidade está nas pequenas coisas do dia a dia. Pág 35

- A única maneira que temos para proteger alguém é estar sempre orando por essa pessoa e deixando-as nas mãos do Criador. Pág 37

[...] ele olhou para mim e disse que o seu propósito comigo havia terminado e o meu propósito no mundo estava apenas começando. Pág 108

A sua cor, a sua religião, o seu passado, os seus medos; não podem servir como desculpas para o seu fracasso, pois você possui o Criador do universo como o seu aliado. Pág 113

A vida é um constante caminhar sobre cacos de vidros, e o pior é que muitas vezes estamos descalços e sem nenhuma proteção em nossos pés. Pág 141




04/01/2018

O recomeço

Recomeçar é começar novamente.É você dar uma nova chance a si mesmo. É você fazer diferente,é deixar o passado para trás,é você continuar tentando até acertar.
Nao importa em qual área paramos ou deixamos de ter fé, nunca é tarde para fazer diferente e seguir com determinação, pois vencemos mais um calendário e com a certeza de que Deus cuida de nós não precisamos temer ao que virá. 
É importante lembrar  que se continuarmos a  fazer as mesmas coisas,não teremos resultados diferentes, e eu digo isto num modo geral,no sentido de estudar mais ou investir nos dons que Deus te deu,ou vc quer continuar gastando seu tempo em alguma rede social ? Sempre há algo a melhorar! 
2018 é um livro que ainda está praticamente em branco.Você tem a chance de perdoar,se aproximar,de buscar mais a Deus,de fazer um curso,esporte,falar mais de Jesus...a lista é grande! Mas só depende de você! E aí,vamos recomeçar?




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Aviso!

Imagens própria e da Internet. Textos escritos por Edmara Oliveira. Não ao plágio. Não é autorizado qualquer cópia sem seu consentimento. Plágio é crime, Artigo 184 do código penal.

Online

Tecnologia do Blogger.

Like us

Leia Gospel +

Licença

© RM Desing - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tema Base: Butlariz.
imagem-logo