Era uma vez uma menina, o nome dela era Dina, ela não era Bonita e nem tinha uma fortuna no Banco, a única coisa que ela possuía era uma velha Bíblia. Ela havia ganhado de sua mãe, pertenceu ao seu pai, homem valente que morreu crente, guardando a fé. Ela não tinha amigos, quando era criança, brincava sozinha, chorava que soluçava, mas Deus ela amava. Cresceu e virou adolescente, não era dessas que se exibia e um namorado conseguia, era quieta e reservada. Não queria ser popular e nem ser a melhor na sala, só queria passar de série. Não se importava com as zombaria e nem com as críticas, só se importava em agradar a Deus. Na Igreja ela era a menos entrosada das garotas, não falava com ninguém, até porque tinha gente que não falava com quem não tem nenhum vintém, então não falava com ninguém. Chegava, ficava sentada e se tivesse algum jovem do seu lado já saia, ainda bem que Jesus em sua vida ela sentia. Não entedia o por quê? Todo mundo dela ria, achavam-a sem graça, não sabia se vestir, quando um garoto vinha conversar, não sabia o que falar, mas uma certeza ela tinha que Jesus é o único que a podia salvar. Um dia estava triste meia cabisbaixa com a situação e perguntou ao Deus do céu: Por que ninguém da minha idade na minha Igreja não fala comigo? E dessa pergunta se esqueceu.
Um belo dia foi para a Igreja, chegando pôs se de joelhos para orar como de costume e o Senhor para sua surpresa já tinha preparado tudo. Levantou-se e a começou a falar: "Esses jovens que se convertam, que minha serva eu vou usar." Não entendia a situação, só sabia que era mistério do Senhor para essa geração. Depois que entregou o recado, leu a Bíblia mais um bocado até começar o culto e a oração. Ela se virou dos lados e viu um bando de frangalho, desses já adolescentes, que dela muito ria, logo já soltou uma exclamação: "O Senhor me abençoou para levar esse recado. Jovens sejam santos e abençoados! Vocês hoje se converte, fazem logo essa oração de conserto com o Senhor ou então vão perecer, nesse mundo de horror, com o tal devorador." Eles não deram bola disseram que não aceitavam porque achavam ela uma chata, uma crente sem noção, vivia afrontando os irmãos com a Bíblia na mão, achando que era mais crente e sabia mais de tudo, o recado não podia ser divino. Disseram que se Deus quisesse falar não usaria uma irmã que se acha mais que todo mundo e sim usaria um Pastor que aos olhos de Deus ele tem mais valor.
Ela sofreu tanto desaforo por levar essa mensagem, mais sabia que Jesus estava o tempo todo do seu lado, observando cada humilhação e pegando o seu fardo que estava muito pesado. Quando começou o culto o Senhor voltou a falar, só que dessa vez usou um irmão que ninguém podia duvidar pois não era daquela Igreja e nem daquele Bairro, só podia morar em São Paulo.
Transmitiu o mesmo recado, não faltou nem uma vírgula, os irmãos todos assustados, viram que Jesus estava naquela vida e falara o mesmo recado que a serva dele já havia dito. A juventude arrependida por zombar daquela irmã que vivia a orar e clamar por toda a nação, Senhor sempre escutava quando ela clamava em oração. Responderam: "Irmã nos perdoe por jugarmos sem nenhum pudor e agora percebemos que para Deus a senhora também tem muito valor. Estamos tão constrangidos por dar ouvido ao opressor, por brincarmos de sermos crente e não dar ouvido a voz do Senhor!" A irmã com muita compaixão, compreendeu com muito amor que aqueles jovens se converteram e foram viver para o Senhor, uma vida de santidade e reverência, obediência e muito louvor engrandecendo ao Salvador.

O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra, e vida. Provérbios 22:4

- Autora: Edmara Oliveira

E aí o que achou? Me conte nos comentários.


6 Comentários

  1. Ahhhhhh que lindooo *---* ta vendo que Deus faz?
    Deus usas as coisas loucas deste mundo para confundir as sãs , e Deus escolheu as coisas que não são para reduzir a nada aquelas que são. Deus escolheu as coisas despresiveis deste mundo esse texto é uma prova viva disso! Lindo, lindo... Hoje em dia a maioria dos crentes só sabem criticar e criticar! Mais a ultima palavra é de Deus!! Ameiiii o post!!!

    Também tem um post que fiz dá uma olhada lá? Pode ser?

    http://meumundoaislan.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi flor, retribuindo a visita e seguindo de volta ok !! beijinhos

    girlsinmakeup.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A desculpa não ter respondido o seu e-mail, é q eu mau entro. Mais ja respondi! rsrs' quando você me mandar e-mail, avisa no meu blog pode ser?

    ResponderExcluir
  4. que legal adorei , a prova de que Deus usa os humildes e quebrantados de coração , pra confundir aqueles se acham superiores , mtu legal o texto

    aaa ... e tem post novo lá no blog depois da uma passadinha ? ;D

    http://garotamoderninhaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto Flor
    Seguindo aqui , obrigada pela visita !
    Beijuuuú
    Blog : miilecharmedemeniina.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25/03/2013

Quem não gosta de rima?!

Era uma vez uma menina, o nome dela era Dina, ela não era Bonita e nem tinha uma fortuna no Banco, a única coisa que ela possuía era uma velha Bíblia. Ela havia ganhado de sua mãe, pertenceu ao seu pai, homem valente que morreu crente, guardando a fé. Ela não tinha amigos, quando era criança, brincava sozinha, chorava que soluçava, mas Deus ela amava. Cresceu e virou adolescente, não era dessas que se exibia e um namorado conseguia, era quieta e reservada. Não queria ser popular e nem ser a melhor na sala, só queria passar de série. Não se importava com as zombaria e nem com as críticas, só se importava em agradar a Deus. Na Igreja ela era a menos entrosada das garotas, não falava com ninguém, até porque tinha gente que não falava com quem não tem nenhum vintém, então não falava com ninguém. Chegava, ficava sentada e se tivesse algum jovem do seu lado já saia, ainda bem que Jesus em sua vida ela sentia. Não entedia o por quê? Todo mundo dela ria, achavam-a sem graça, não sabia se vestir, quando um garoto vinha conversar, não sabia o que falar, mas uma certeza ela tinha que Jesus é o único que a podia salvar. Um dia estava triste meia cabisbaixa com a situação e perguntou ao Deus do céu: Por que ninguém da minha idade na minha Igreja não fala comigo? E dessa pergunta se esqueceu.
Um belo dia foi para a Igreja, chegando pôs se de joelhos para orar como de costume e o Senhor para sua surpresa já tinha preparado tudo. Levantou-se e a começou a falar: "Esses jovens que se convertam, que minha serva eu vou usar." Não entendia a situação, só sabia que era mistério do Senhor para essa geração. Depois que entregou o recado, leu a Bíblia mais um bocado até começar o culto e a oração. Ela se virou dos lados e viu um bando de frangalho, desses já adolescentes, que dela muito ria, logo já soltou uma exclamação: "O Senhor me abençoou para levar esse recado. Jovens sejam santos e abençoados! Vocês hoje se converte, fazem logo essa oração de conserto com o Senhor ou então vão perecer, nesse mundo de horror, com o tal devorador." Eles não deram bola disseram que não aceitavam porque achavam ela uma chata, uma crente sem noção, vivia afrontando os irmãos com a Bíblia na mão, achando que era mais crente e sabia mais de tudo, o recado não podia ser divino. Disseram que se Deus quisesse falar não usaria uma irmã que se acha mais que todo mundo e sim usaria um Pastor que aos olhos de Deus ele tem mais valor.
Ela sofreu tanto desaforo por levar essa mensagem, mais sabia que Jesus estava o tempo todo do seu lado, observando cada humilhação e pegando o seu fardo que estava muito pesado. Quando começou o culto o Senhor voltou a falar, só que dessa vez usou um irmão que ninguém podia duvidar pois não era daquela Igreja e nem daquele Bairro, só podia morar em São Paulo.
Transmitiu o mesmo recado, não faltou nem uma vírgula, os irmãos todos assustados, viram que Jesus estava naquela vida e falara o mesmo recado que a serva dele já havia dito. A juventude arrependida por zombar daquela irmã que vivia a orar e clamar por toda a nação, Senhor sempre escutava quando ela clamava em oração. Responderam: "Irmã nos perdoe por jugarmos sem nenhum pudor e agora percebemos que para Deus a senhora também tem muito valor. Estamos tão constrangidos por dar ouvido ao opressor, por brincarmos de sermos crente e não dar ouvido a voz do Senhor!" A irmã com muita compaixão, compreendeu com muito amor que aqueles jovens se converteram e foram viver para o Senhor, uma vida de santidade e reverência, obediência e muito louvor engrandecendo ao Salvador.

O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, e honra, e vida. Provérbios 22:4

- Autora: Edmara Oliveira

E aí o que achou? Me conte nos comentários.

6 comentários:

  1. Ahhhhhh que lindooo *---* ta vendo que Deus faz?
    Deus usas as coisas loucas deste mundo para confundir as sãs , e Deus escolheu as coisas que não são para reduzir a nada aquelas que são. Deus escolheu as coisas despresiveis deste mundo esse texto é uma prova viva disso! Lindo, lindo... Hoje em dia a maioria dos crentes só sabem criticar e criticar! Mais a ultima palavra é de Deus!! Ameiiii o post!!!

    Também tem um post que fiz dá uma olhada lá? Pode ser?

    http://meumundoaislan.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi flor, retribuindo a visita e seguindo de volta ok !! beijinhos

    girlsinmakeup.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. A desculpa não ter respondido o seu e-mail, é q eu mau entro. Mais ja respondi! rsrs' quando você me mandar e-mail, avisa no meu blog pode ser?

    ResponderExcluir
  4. que legal adorei , a prova de que Deus usa os humildes e quebrantados de coração , pra confundir aqueles se acham superiores , mtu legal o texto

    aaa ... e tem post novo lá no blog depois da uma passadinha ? ;D

    http://garotamoderninhaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto Flor
    Seguindo aqui , obrigada pela visita !
    Beijuuuú
    Blog : miilecharmedemeniina.blogspot.com

    ResponderExcluir