Ontem morreu Nelson Mandela, um homem que ficou marcado na história como um exemplo de luta e perseverança. Sua luta foi por uma África melhor, por um mundo melhor, onde a discriminação e o racismo fosse exterminado da humanidade. Nas aulas de história estudamos sobre o regime de segregação chamado Apartheid que foi implantado em 1948 na África do Sul onde haveria uma separação  entre negros, mestiços e asiáticos dos brancos, onde a maioria da população que não eram brancos não tinham direitos políticos, sociais e econômicos. Mandela se destacou porque lutou, não ficou de cabeça baixa por ser negro, pelo contrário, mesmo sendo preso por 27 anos acusado de traição, sabotagem e conspiração contra o governo, nunca deixou de persistir no seu objetivo, o fim do Apartheid e o direito dos menos favorecidos. Condenado a prisão perpétua Mandela foi libertado em 11 de Setembro de 1990 quando tinha 72 anos. Em 1993 ele ganhou o prêmio Nobel por lutar contra o regime de segregação Apartheid e em 1994 foi elegido Presidente da África do Sul. Em 2004 deixou a vida política.
     Mandela era convertido ao cristianismo, estudou em escola evangélica até o Ensino Médio, sua família vem da Igreja Metodista, ele se tornou membro da Associação de Estudantes Cristãos e dava aulas ao domingo em escolas bíblicas em aldeias vizinhas, pouco antes de ser eleito presidente pregou em uma Igreja Cristã. 
      Para mim ele é uma inspiração, além de mostrar que tudo é possível, mesmo depois de ter passado anos convivendo com o racismo e a humilhação, perseverou em seu objetivo de um dia vê o seu país livre de um regime que fazia a separação de um ser humano do outro. Final de semana passada eu assisti o filme que conta a história dele contra a luta do Apartheid (Mandela - A luta pela liberdade) , eu simplesmente ganhei uma inspiração, todas as vezes que eu pensar em separação, racismo, lembrarei que um dia na história da humanidade houve um homem, mesmo sendo em outro continente que lutou contra contra isso. Não o vejo como um ídolo ou coisa assim, porque eu conheço o que está na Bíblia mas o vejo como um exemplo de alguém que fez algo para transformar a geração de muitas vidas. 

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.
- Nelson Mandela









2 Comentários

  1. Esse jamais será esquecido, um homem de muito valor, tenho aprendido muito sobre ele com essas reportagens de homenagem
    http://gi-meumundovcquemfaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

06/12/2013

Nelson Mandela, uma inspiração!

   

  Ontem morreu Nelson Mandela, um homem que ficou marcado na história como um exemplo de luta e perseverança. Sua luta foi por uma África melhor, por um mundo melhor, onde a discriminação e o racismo fosse exterminado da humanidade. Nas aulas de história estudamos sobre o regime de segregação chamado Apartheid que foi implantado em 1948 na África do Sul onde haveria uma separação  entre negros, mestiços e asiáticos dos brancos, onde a maioria da população que não eram brancos não tinham direitos políticos, sociais e econômicos. Mandela se destacou porque lutou, não ficou de cabeça baixa por ser negro, pelo contrário, mesmo sendo preso por 27 anos acusado de traição, sabotagem e conspiração contra o governo, nunca deixou de persistir no seu objetivo, o fim do Apartheid e o direito dos menos favorecidos. Condenado a prisão perpétua Mandela foi libertado em 11 de Setembro de 1990 quando tinha 72 anos. Em 1993 ele ganhou o prêmio Nobel por lutar contra o regime de segregação Apartheid e em 1994 foi elegido Presidente da África do Sul. Em 2004 deixou a vida política.
     Mandela era convertido ao cristianismo, estudou em escola evangélica até o Ensino Médio, sua família vem da Igreja Metodista, ele se tornou membro da Associação de Estudantes Cristãos e dava aulas ao domingo em escolas bíblicas em aldeias vizinhas, pouco antes de ser eleito presidente pregou em uma Igreja Cristã. 
      Para mim ele é uma inspiração, além de mostrar que tudo é possível, mesmo depois de ter passado anos convivendo com o racismo e a humilhação, perseverou em seu objetivo de um dia vê o seu país livre de um regime que fazia a separação de um ser humano do outro. Final de semana passada eu assisti o filme que conta a história dele contra a luta do Apartheid (Mandela - A luta pela liberdade) , eu simplesmente ganhei uma inspiração, todas as vezes que eu pensar em separação, racismo, lembrarei que um dia na história da humanidade houve um homem, mesmo sendo em outro continente que lutou contra contra isso. Não o vejo como um ídolo ou coisa assim, porque eu conheço o que está na Bíblia mas o vejo como um exemplo de alguém que fez algo para transformar a geração de muitas vidas. 

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.
- Nelson Mandela








2 comentários:

  1. Esse jamais será esquecido, um homem de muito valor, tenho aprendido muito sobre ele com essas reportagens de homenagem
    http://gi-meumundovcquemfaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir