SINOPSE: Aos 18 anos de idade, Grace Rose Trey é uma cantora gospel de grande sucesso em sua vizinhança e na sua igreja, onde canta todos os domingos. Seu pai, Johnny, teve uma carreira de músico e chegou a emplacar um grande sucesso décadas atrás, mas logo foi esquecido e acabou abandonando o mundo das artes para se dedicar à fé cristã. Um dia, Grace recebe a proposta de se mudar para Los Angeles e tentar a carreira como ídolo pop, ou *a nova Katy Perry*, segundo o empresário Frank Mostin. Sem avisar os pais, Grace abandona o lar e parte para Los Angeles, onde suas crenças serão testadas pelo concorrido mundo do estrelato.


MINHA ANÁLISE: Grace Trey vê sua vida transformada quando decidi abandonar sua casa e ir atrás do sucesso com a música, uma garota da Igreja que se sente com pouco espaço para mostrar o seu talento musical, filha de um líder do Ministério de Louvor, ex cantor secular que abandonou a carreira para se dedicar ao cristianismo. Grace não conformada com a sua vida vai para Los Angeles onde com a ajuda do empresário Frank Mostin, mesmo com seus pais sendo contra sua partida, Grace embarca nessa nova fase de sua vida. Ela descobre o que está por trás da fama e o que terá que passar. 
O filme tenta passar uma visão de como é a vida longe de Deus mesmo tendo tudo. Mesmo tentando levar sua vida sozinha, Grace vê alguns desafios pela frente. Vale muito a pena assistir, pois é um filme bastante atual, serve em cheio para o que estamos vivendo hoje em dia.


SINOPSE:
Caden (Cody Longo) tem o mundo aos seus pés. Devido à riqueza de seu pai, ele desfruta do sonho de qualquer jovem de sua idade, adquirindo caprichos, como carros, bebidas, festas e viagens ao redor do mundo. Mas o que fazer quando o que era sonho se torna um pesadelo?

Entre uma festa e outra, ele decide viajar com os amigos para a desigual e pobre cidade de Hiderabade, na Índia, por pura curtição, na expectativa de aproveitar baladas intermináveis. Porém, ele não contava com sua consciência, que é atormentada pelas imagens de Kiran (Walid Amini), um pai desesperado que vende sua filha, Annika (Persis Karen), na esperança de que sua pequena tenha uma expectativa melhor de vida após o jovem negar ajuda.

Na verdade, Caden tenta virar as costas e fugir da realidade que poucos conhecem – o tráfico de pessoas e as condições desumanas que os dalits, a exemplo de Kiran, são submetidos todos os dias naquela nação.

Entretanto, as orações de sua mãe e de sua namorada o faz enxergar um propósito para sua vida, além de uma nova e improvável amizade que surge quando volta atrás e escolhe ajudar Kiran na busca por sua filha, Annika, antes que seja tarde. A vida, a esperança e a liberdade dependem apenas de uma atitude: envolver-se, a fim de transformar vidas hoje.


MINHA ANÁLISE: Coden é um dos privilegiados, possui tudo o que a maioria dos jovens de sua idade não tem, dinheiro, carro, festas e viagens para qualquer lugar do mundo. Sua mãe e sua namorada são cristãs, ele porém, abandonou a fé desde que seus pais se divorciaram, em seu pensamento Deus nunca o ouvira e nem tão pouco se importara com o que estava passando. Decidido em ir viajar com seus amigos, sua mãe permite que vá e ora para que o Senhor entre na vida dele, nessa viagem que Coden faz para a Índia, onde pela primeira vez se depara com um mendingo que cria sozinho sua filha Annika, que lutam para sobreviver dia após dia. Com as dificuldades e uma vida sofrida esse pai resolve que a melhor alternativa para sua filha é vende-la, iludido pela promessa de uma vida melhor para ela. O que ele não sabe é que sua filha pode ter ido para o tráfico. 
Coden tenta não se comover e nem ajudar Kiran a encontrar sua filha de volta, só que as condições em que eles vivem acabam mexendo com sua vida, Deus toca em seu coração e Coden se vê desesperado junto com esse pai.
O filme traz um reflexo do mundo desigual das classes sociais, por um lado, temos um privilegiado, cercado por um mundo perfeito, cheio de privilégios, o outro por vez é um pai que luta pela sua e pela sobrevivência de sua filha. Somente Deus para unir duas vidas diferentes em busca de um mesmo objetivo, salvar vidas antes que seja tarde.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

28/11/2014

Dois Filmes lançamentos 2014 para jovens



SINOPSE: Aos 18 anos de idade, Grace Rose Trey é uma cantora gospel de grande sucesso em sua vizinhança e na sua igreja, onde canta todos os domingos. Seu pai, Johnny, teve uma carreira de músico e chegou a emplacar um grande sucesso décadas atrás, mas logo foi esquecido e acabou abandonando o mundo das artes para se dedicar à fé cristã. Um dia, Grace recebe a proposta de se mudar para Los Angeles e tentar a carreira como ídolo pop, ou *a nova Katy Perry*, segundo o empresário Frank Mostin. Sem avisar os pais, Grace abandona o lar e parte para Los Angeles, onde suas crenças serão testadas pelo concorrido mundo do estrelato.


MINHA ANÁLISE: Grace Trey vê sua vida transformada quando decidi abandonar sua casa e ir atrás do sucesso com a música, uma garota da Igreja que se sente com pouco espaço para mostrar o seu talento musical, filha de um líder do Ministério de Louvor, ex cantor secular que abandonou a carreira para se dedicar ao cristianismo. Grace não conformada com a sua vida vai para Los Angeles onde com a ajuda do empresário Frank Mostin, mesmo com seus pais sendo contra sua partida, Grace embarca nessa nova fase de sua vida. Ela descobre o que está por trás da fama e o que terá que passar. 
O filme tenta passar uma visão de como é a vida longe de Deus mesmo tendo tudo. Mesmo tentando levar sua vida sozinha, Grace vê alguns desafios pela frente. Vale muito a pena assistir, pois é um filme bastante atual, serve em cheio para o que estamos vivendo hoje em dia.


SINOPSE:
Caden (Cody Longo) tem o mundo aos seus pés. Devido à riqueza de seu pai, ele desfruta do sonho de qualquer jovem de sua idade, adquirindo caprichos, como carros, bebidas, festas e viagens ao redor do mundo. Mas o que fazer quando o que era sonho se torna um pesadelo?

Entre uma festa e outra, ele decide viajar com os amigos para a desigual e pobre cidade de Hiderabade, na Índia, por pura curtição, na expectativa de aproveitar baladas intermináveis. Porém, ele não contava com sua consciência, que é atormentada pelas imagens de Kiran (Walid Amini), um pai desesperado que vende sua filha, Annika (Persis Karen), na esperança de que sua pequena tenha uma expectativa melhor de vida após o jovem negar ajuda.

Na verdade, Caden tenta virar as costas e fugir da realidade que poucos conhecem – o tráfico de pessoas e as condições desumanas que os dalits, a exemplo de Kiran, são submetidos todos os dias naquela nação.

Entretanto, as orações de sua mãe e de sua namorada o faz enxergar um propósito para sua vida, além de uma nova e improvável amizade que surge quando volta atrás e escolhe ajudar Kiran na busca por sua filha, Annika, antes que seja tarde. A vida, a esperança e a liberdade dependem apenas de uma atitude: envolver-se, a fim de transformar vidas hoje.


MINHA ANÁLISE: Coden é um dos privilegiados, possui tudo o que a maioria dos jovens de sua idade não tem, dinheiro, carro, festas e viagens para qualquer lugar do mundo. Sua mãe e sua namorada são cristãs, ele porém, abandonou a fé desde que seus pais se divorciaram, em seu pensamento Deus nunca o ouvira e nem tão pouco se importara com o que estava passando. Decidido em ir viajar com seus amigos, sua mãe permite que vá e ora para que o Senhor entre na vida dele, nessa viagem que Coden faz para a Índia, onde pela primeira vez se depara com um mendingo que cria sozinho sua filha Annika, que lutam para sobreviver dia após dia. Com as dificuldades e uma vida sofrida esse pai resolve que a melhor alternativa para sua filha é vende-la, iludido pela promessa de uma vida melhor para ela. O que ele não sabe é que sua filha pode ter ido para o tráfico. 
Coden tenta não se comover e nem ajudar Kiran a encontrar sua filha de volta, só que as condições em que eles vivem acabam mexendo com sua vida, Deus toca em seu coração e Coden se vê desesperado junto com esse pai.
O filme traz um reflexo do mundo desigual das classes sociais, por um lado, temos um privilegiado, cercado por um mundo perfeito, cheio de privilégios, o outro por vez é um pai que luta pela sua e pela sobrevivência de sua filha. Somente Deus para unir duas vidas diferentes em busca de um mesmo objetivo, salvar vidas antes que seja tarde.