Isadora, uma garota popular que tem os rapazes aos seus pés, como pensava ela, todas as vezes que as tinha alguma apresentação na escola ela sempre cantava esbanjando para todos a sua beleza e a sua voz, que era muito bonita. Ela se sentia a melhor das garotas, sempre tirava A, já fez dois rapazes brigarem por sua culpa, estava indecisa entre os dois e por isso sempre jogava charme para um e conversava com outro, assim foi indo até que eles descobriram que estavam apaixonados pela mesma garota então decidiram resolver isso no braço igual viam os homens da novela fazerem, ir á luta. O pior foi que um deles saiu tão machucado que a platéia que estava assistindo ( os alunos da escola) acharam que iam se matar e como todos gostam de vê as coisas pegando fogo, ninguém quis entrar até que a coordenação e o Diretor chegou e acabou de vez com a folia. Isadora deixou eles lá brigando e a essas alturas já estava em sua casa e eles levaram suspensão. 
    Em casa, os pais de Isadora já tinham sido noticiados do que havia ocorrido na escola. Sua mãe vendo-a quieta começou a puxar conversa:
    - Tudo bem na escola filha?
    - Tudo bem.
    - Como foi a aula hoje?
   - Foi boa.
   - Nada demais aconteceu?
   - Teve briga no final da aula. Dois rapazes estavam brigando.
   - Mas por quê?
   - Sei lá, os garotos brigam por qualquer motivo.
    - Filha, nós recebemos uma ligação do seu Diretor e ele nos disse que os rapazes falaram que estavam brigando por sua causa, você tinha dito que amava cada um deles, estava saindo com os dois só que um não sabia de outro e quando descobriram decidiram partir para a briga para vê quem iria te ganhar. Isso é verdade?
     - É sim, eu gosto dos dois e não sei o que fazer.
     - Você não pode gostar de dois ao mesmo tempo, isso é errado e contra os princípios de Deus.
      - Mãe, eu não posso mudar isso, acontece que é assim  e pronto. Desde pequena eu vou na Igreja, escuto essas conversas de que é pecado, paixão é da carne e etc. Mas o que eu sinto é mais forte do que todos esses princípios que nos prende de viver a vida do jeito que a gente quer, de escutar o nosso coração e ir correndo em busca do amor, da felicidade.
    - Olha o que você está dizendo, nem parece que é uma moça cristã que vai na Igreja, está parecendo uma incrédula que nunca conheceu Deus e que se entregou a paixão da carne. Está escrito na Bíblia: Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.2 Timóteo 2:22
    - Estava demorando a Senhora me dá sermão com versículo da Bíblia. Se for para mim deixar Deus, a Igreja e viver a paixão da carne eu vou, já decidi.
    - Você está de castigo mocinha, você não se manda. Enquanto não completar 18 anos você esta sobre minha responsabilidade e vai fazer o que eu mando. Você também vai mudar de escola.
  - Eu te odeio! Odeio tudo isso. Você quer uma prisioneira e não uma filha.
Isadora saiu correndo para o seu quarto chorando, não queria mais ser cristã e nem saber de Deus, em seu coração reinava um desejo de conhecer o mundo e provar de tudo o que nunca pudera por ser cristã. Ela não iria desistir de tentar se libertar dessa vida.
  Madeline não iria deixar sua filha se voltar contra os princípios da fé cristã e nem iria permitir que ela vivesse uma paixão carnal, iria mudá-la logo de escola e proibiria qualquer contato com esses garotos. Conversou com seu esposo, Joel, e ele estava de acordo com ela. Eles não podiam deixar sua única filha se afastar do caminho.
 Isadora em seu quarto começou a falar com o Devan e o Enzo, os garotos que brigaram na escola, contou-lhes o que sua mãe iria mudá-la de escola, disse tudo o que estava sentindo em relação a isso: 
- Como pode ela querer fazer isso? Eu vou sumir no mundo e ela nunca mais irá me ver.
Os garoto ficaram inconformados com o que Isadora lhes dizia, eles não concordavam em ficar longe dela e nem queriam dividi-la um com o outro. Insistiram para que ela tomasse uma decisão e decidisse com qual dos dois iria ficar porque com os dois era impossível.
 Ela decidiu que iria escolher nenhum dos dois por enquanto. Ela quase gritou pelo outro lado da rede, "você não entende que eu amo você  e amo ele". Mas nenhum dos dois conseguia entender e não havia ninguém que entendesse como uma pessoa poderia sentir o mesmo sentimento pelos dois.
Sua mãe mudou-a de escola, achando que assim Isadora não se aproximaria de nenhum deles só que o que ela não sabia era que eles sempre matavam aula para vê Isadora. Quase todos os dias eles se viam. Isadora já se recusava a ir na Igreja quando seus pais chamavam-a, ficava sozinha mas não ia. Saia de casa para se encontrar com o Devan e o Enzo até que um deles, o Enzo deu um tapa em sua cara e a chamou de um nome muito feio e disse que não queria mais vê-la e nem se aproximar dela. Chorando voltou para casa e no outro dia foi em sua antiga escola e falou com o Devan e decidiu por ele. Só que o que ela não sabia é que ele já tinha decidido por outra e por isso não queria mais ela.
Madeline ficou sabendo que sua filha não havia ido para a escola e que estava fugindo quando eles não estavam para se encontrar com os rapazes. Quando viu ela chegar ao invés de discutir, ficar com raiva não disse nada. A abraçou forte e pediu perdão por ter sido tão rígida com ela. Isadora encontrou consolo nos braços da mãe, aprendeu uma grande lição e estava de volta. Se arrependeu de toda a sua rebeldia, da sua mau criação, por ter se voltado contra Deus, se arrependeu por tudo. Voltou a frequentar a Igreja, voltou ao princípio e decidiu que queria ser a cristã que era antes disso tudo.


Escrito por: Edmara Oliveira



2 Comentários

  1. Oi meu anjo o texto e seu? que lindo escreve muito bem, ja tenho vontade leer os proximos. beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

18/07/2013

Duas paixões


      Isadora, uma garota popular que tem os rapazes aos seus pés, como pensava ela, todas as vezes que as tinha alguma apresentação na escola ela sempre cantava esbanjando para todos a sua beleza e a sua voz, que era muito bonita. Ela se sentia a melhor das garotas, sempre tirava A, já fez dois rapazes brigarem por sua culpa, estava indecisa entre os dois e por isso sempre jogava charme para um e conversava com outro, assim foi indo até que eles descobriram que estavam apaixonados pela mesma garota então decidiram resolver isso no braço igual viam os homens da novela fazerem, ir á luta. O pior foi que um deles saiu tão machucado que a platéia que estava assistindo ( os alunos da escola) acharam que iam se matar e como todos gostam de vê as coisas pegando fogo, ninguém quis entrar até que a coordenação e o Diretor chegou e acabou de vez com a folia. Isadora deixou eles lá brigando e a essas alturas já estava em sua casa e eles levaram suspensão. 
    Em casa, os pais de Isadora já tinham sido noticiados do que havia ocorrido na escola. Sua mãe vendo-a quieta começou a puxar conversa:
    - Tudo bem na escola filha?
    - Tudo bem.
    - Como foi a aula hoje?
   - Foi boa.
   - Nada demais aconteceu?
   - Teve briga no final da aula. Dois rapazes estavam brigando.
   - Mas por quê?
   - Sei lá, os garotos brigam por qualquer motivo.
    - Filha, nós recebemos uma ligação do seu Diretor e ele nos disse que os rapazes falaram que estavam brigando por sua causa, você tinha dito que amava cada um deles, estava saindo com os dois só que um não sabia de outro e quando descobriram decidiram partir para a briga para vê quem iria te ganhar. Isso é verdade?
     - É sim, eu gosto dos dois e não sei o que fazer.
     - Você não pode gostar de dois ao mesmo tempo, isso é errado e contra os princípios de Deus.
      - Mãe, eu não posso mudar isso, acontece que é assim  e pronto. Desde pequena eu vou na Igreja, escuto essas conversas de que é pecado, paixão é da carne e etc. Mas o que eu sinto é mais forte do que todos esses princípios que nos prende de viver a vida do jeito que a gente quer, de escutar o nosso coração e ir correndo em busca do amor, da felicidade.
    - Olha o que você está dizendo, nem parece que é uma moça cristã que vai na Igreja, está parecendo uma incrédula que nunca conheceu Deus e que se entregou a paixão da carne. Está escrito na Bíblia: Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.2 Timóteo 2:22
    - Estava demorando a Senhora me dá sermão com versículo da Bíblia. Se for para mim deixar Deus, a Igreja e viver a paixão da carne eu vou, já decidi.
    - Você está de castigo mocinha, você não se manda. Enquanto não completar 18 anos você esta sobre minha responsabilidade e vai fazer o que eu mando. Você também vai mudar de escola.
  - Eu te odeio! Odeio tudo isso. Você quer uma prisioneira e não uma filha.
Isadora saiu correndo para o seu quarto chorando, não queria mais ser cristã e nem saber de Deus, em seu coração reinava um desejo de conhecer o mundo e provar de tudo o que nunca pudera por ser cristã. Ela não iria desistir de tentar se libertar dessa vida.
  Madeline não iria deixar sua filha se voltar contra os princípios da fé cristã e nem iria permitir que ela vivesse uma paixão carnal, iria mudá-la logo de escola e proibiria qualquer contato com esses garotos. Conversou com seu esposo, Joel, e ele estava de acordo com ela. Eles não podiam deixar sua única filha se afastar do caminho.
 Isadora em seu quarto começou a falar com o Devan e o Enzo, os garotos que brigaram na escola, contou-lhes o que sua mãe iria mudá-la de escola, disse tudo o que estava sentindo em relação a isso: 
- Como pode ela querer fazer isso? Eu vou sumir no mundo e ela nunca mais irá me ver.
Os garoto ficaram inconformados com o que Isadora lhes dizia, eles não concordavam em ficar longe dela e nem queriam dividi-la um com o outro. Insistiram para que ela tomasse uma decisão e decidisse com qual dos dois iria ficar porque com os dois era impossível.
 Ela decidiu que iria escolher nenhum dos dois por enquanto. Ela quase gritou pelo outro lado da rede, "você não entende que eu amo você  e amo ele". Mas nenhum dos dois conseguia entender e não havia ninguém que entendesse como uma pessoa poderia sentir o mesmo sentimento pelos dois.
Sua mãe mudou-a de escola, achando que assim Isadora não se aproximaria de nenhum deles só que o que ela não sabia era que eles sempre matavam aula para vê Isadora. Quase todos os dias eles se viam. Isadora já se recusava a ir na Igreja quando seus pais chamavam-a, ficava sozinha mas não ia. Saia de casa para se encontrar com o Devan e o Enzo até que um deles, o Enzo deu um tapa em sua cara e a chamou de um nome muito feio e disse que não queria mais vê-la e nem se aproximar dela. Chorando voltou para casa e no outro dia foi em sua antiga escola e falou com o Devan e decidiu por ele. Só que o que ela não sabia é que ele já tinha decidido por outra e por isso não queria mais ela.
Madeline ficou sabendo que sua filha não havia ido para a escola e que estava fugindo quando eles não estavam para se encontrar com os rapazes. Quando viu ela chegar ao invés de discutir, ficar com raiva não disse nada. A abraçou forte e pediu perdão por ter sido tão rígida com ela. Isadora encontrou consolo nos braços da mãe, aprendeu uma grande lição e estava de volta. Se arrependeu de toda a sua rebeldia, da sua mau criação, por ter se voltado contra Deus, se arrependeu por tudo. Voltou a frequentar a Igreja, voltou ao princípio e decidiu que queria ser a cristã que era antes disso tudo.


Escrito por: Edmara Oliveira


2 comentários:

  1. Oi meu anjo o texto e seu? que lindo escreve muito bem, ja tenho vontade leer os proximos. beijos

    ResponderExcluir