Na escola eu sempre achava que tinha dois grupos que iriam se dar bem na vida, os nerds e as populares, o primeiro por ter muita facilidade com os conteúdos e por resolverem qualquer problema, exercício, por tirarem sempre notas muito altas, e o segundo que é o dos populares por terem muito contato dentro da escola, desde a coordenadora até a Professora de Biologia que era amiga da sua família, para mim os populares tinham beleza e contato, o que era fundamental na vida. 
     A cada ano em que eu ia passando de série, fui percebendo que para se dar bem na vida era preciso muito mais do que popularidade e conteúdo, era preciso saber lidar com as pessoas, aprender sobre o mundo, ter um objetivo, saber como chegar lá e mais do que tudo acreditar em Deus para nunca cair em caminhos errados e perder a direção. Depois que o tempo passou e eu já estava no ensino Médio, passei a pensar que por mais que eu tivesse conteúdo, popularidade, fé em Deus, objetivo eu ainda precisava de qualquer maneira saber o que eu queria fazer da vida, que Profissão seguir, então eu escolhi fazer logo o Vestibular, entrei na Universidade, passei a não ter certeza sobre o que levava uma pessoa a se dar bem na vida, pode ser por causa da sua Profissão, da sua inteligência, da sua beleza, fama, ou até mesmo por causa de algo que eu mesma não imagine. A resposta para esse questionamento foi mudando a partir do momento que eu vi pessoas que a sociedade julgava incapaz produzir mais do que qualquer um outro que tinha tudo para dar certo, não que se uma pessoa for a melhor em algo queira dizer que não vai se dar bem na vida, é claro que pode sim se dar bem mas só que não é isso que vai determinar se uma pessoa vai ou não se dar bem na vida. Isso não é lógica mas sim pensando na maneira de Deus, para ele uma pessoa julgada como que tem tudo para não dar certo, ser nada, pode virar um dos maiores contribuidores para a riqueza do nosso País podendo ser economicamente ou intelectualmente. 
    Se se dar bem na vida é ter tudo o que uma pessoa pode querer, tem muita gente se dando bem na vida e poucos de bem com a vida, muitos repletos de tudo e por dentro com nada. Uma coisa é certa, se dando ou não bem na vida você nunca pode esquecer que Deus é o dono de tudo, com ele você vai se dar muito bem.









Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16/10/2013

Se dar bem na vida?


      Na escola eu sempre achava que tinha dois grupos que iriam se dar bem na vida, os nerds e as populares, o primeiro por ter muita facilidade com os conteúdos e por resolverem qualquer problema, exercício, por tirarem sempre notas muito altas, e o segundo que é o dos populares por terem muito contato dentro da escola, desde a coordenadora até a Professora de Biologia que era amiga da sua família, para mim os populares tinham beleza e contato, o que era fundamental na vida. 
     A cada ano em que eu ia passando de série, fui percebendo que para se dar bem na vida era preciso muito mais do que popularidade e conteúdo, era preciso saber lidar com as pessoas, aprender sobre o mundo, ter um objetivo, saber como chegar lá e mais do que tudo acreditar em Deus para nunca cair em caminhos errados e perder a direção. Depois que o tempo passou e eu já estava no ensino Médio, passei a pensar que por mais que eu tivesse conteúdo, popularidade, fé em Deus, objetivo eu ainda precisava de qualquer maneira saber o que eu queria fazer da vida, que Profissão seguir, então eu escolhi fazer logo o Vestibular, entrei na Universidade, passei a não ter certeza sobre o que levava uma pessoa a se dar bem na vida, pode ser por causa da sua Profissão, da sua inteligência, da sua beleza, fama, ou até mesmo por causa de algo que eu mesma não imagine. A resposta para esse questionamento foi mudando a partir do momento que eu vi pessoas que a sociedade julgava incapaz produzir mais do que qualquer um outro que tinha tudo para dar certo, não que se uma pessoa for a melhor em algo queira dizer que não vai se dar bem na vida, é claro que pode sim se dar bem mas só que não é isso que vai determinar se uma pessoa vai ou não se dar bem na vida. Isso não é lógica mas sim pensando na maneira de Deus, para ele uma pessoa julgada como que tem tudo para não dar certo, ser nada, pode virar um dos maiores contribuidores para a riqueza do nosso País podendo ser economicamente ou intelectualmente. 
    Se se dar bem na vida é ter tudo o que uma pessoa pode querer, tem muita gente se dando bem na vida e poucos de bem com a vida, muitos repletos de tudo e por dentro com nada. Uma coisa é certa, se dando ou não bem na vida você nunca pode esquecer que Deus é o dono de tudo, com ele você vai se dar muito bem.








Nenhum comentário:

Postar um comentário