Oi meninas! Que a paz e o amor do Senhor sejam com vocês. Como vocês estão? Espero que bem! Uma das coisas que mais gosto de fazer é escrever contos, como não tinha postado nenhum no Ela é Cristã ainda estou trazendo um hoje. Espero que vocês gostem e que Deus fale com vocês através dele.

"Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração."
I Samuel 16:7

Clara saiu corrende de casa naquela manhã, estava cansada de acordar cedo todas as manhãs para ajudar a mãe nos afazeres domésticos, nunca tinha tempo para si ou para rever as lições da escola, estava de ser a única garota da escola a não ter nada de melhor...

A garota de 14 anos morava em um pequeno reino, seus pais trabalhavam no castelo, sua mãe era uma das cozinheiras e seu pai cuidava dos cavalos. Eles moravam numa pequena casa nos fundos do castelo e por Clara ter crescido dentro do palácio ela recebeu o convite da rainha Kimberly de estudar na escola mais conceituada do reino.

A oportunidade de receber uma educação de qualidade entre a elite do reino fez Clara sonhar com um futuro melhor e ela não pensou duas vezes em aceitar o presente. Só que com o passar do tempo a menina começou a sentir na pele a diferença em ser a única plebeia da escola. Ela nunca tinha roupas novas, sua mochiça era  mais simples, estava sempre cansada porque tinha que ajudar a mãe nas tarefas de casa...

E naquela manha a menina fadada a ser apenas mais uma entre seu povo saiu as pressas de casa correndo em direção a mata que cercava os muros do castelo. Lágrimas corriam por suas bochechas, soluços profundos faziam com que sua respiração falhasse enquanto corria.

- Por que eu não sou a princesa? Por que logo eu tinha que nascer num lar tão simples? Por que eu nunca posso ter nada? - a menina se perguntava enquanto se embrenhava na mata. Depois de correr por uns 10 minutos, Clara sentou-se aos pés de uma grande árvore, ela agorrou-se aos joelhos e chorou ainda mais.

Ela só queria ser como as outras garotas da sua idade, queria poder ir pra escola sem ter que se preocupar diariamente com o futuro que teria, queria poder ter um guarda-roupa com vestidos bonitos e sapatilhas brilhantes, queria poder ter um bom perfume e quem sabe uma daquelas máquinas de fotografia... Ela queria ser como qualquer outra adolescente, era pedir demais?

Clara continuava chorando até que sentiu uma mão tocar o seu embor, assustada ela levantou os olhos e viu um senhor em pé na sua frente. Ele tinha olhos bondosos, mas demonstrava estar preocupado com a garota. Clara enxugou as lágrimas e ajeitou o cabelo, uma das primeiras lições da escola era sempre estar apresentável.

- Oi. - ela disse.

- Oi - ele disse enquanto sentava ao lado de Clara - por que você está chorando numa floresta, moça?

Nos minutos seguintes Clara contou toda a sua história para o senhor, ele demosntrava preocupação e ouviu atentamente. Assim que Clara terminou de falar, o senhor colocou-se de pé e estendeu a mão para a menina, ele a ajudou a levantar e continuou segurando sua mão.

- Deixe eu te mostrar uma coisa. - ele começou a camihar entra as árvores, eles foram de encontro a luz que enradiava com mais força entre as folhas das árvores até se aproximare de um penhasco de onde se podia ver todo o reino.

- Sabe moça, nós nos preocupamos muito com aparência, com status. Quem não queria estar no lugar do rei? Quem não queria ser dono de todas essas terras? Eu entendo o seu desejo em ser apenas uma garota, acredito que seus pais gostariam tanto quanto você de poder te dar uma vida melhor e claro que você tem todo o direito de desejar e buscar esse sonho, mas não pertube o seu pequeno coração com essas ideias. - ele parou por um instante deixando que suas palavras alcançassem o coração da garota.

- Além desse céu azul há um Rei muito melhor do que o nosso. Ele se preocupa com cada um dos seus, Ele está atento ao mais rico e ao mais pobre também. Para esse Rei o título de nobreza que você tem ou deixa de ter não importa, Ele não está de olho nas riquezas nem na beleza da pessoa, Ele olha o coração. E neste momento Ele está olhando o seu, menina. Ele me enviou até você para que eu pudesse te dizer isso: você é a menina Dele, sua vida está sendo cuidada por Ele. Não se preocupe deseseradamente com o amanha nem fique presa ao passado, viva o hoje porque a sua vida está nas mãos Dele. - o senhor enxugou uma lágrima que rolava pela bochehcha rosada de Clara.

- Você é tão importante para Ele quanto a princesa deste reino. Na verdade você é a princesa Dele e Ele deseja que você entenda isso. Você é amada e Ele ainda irá te surpreender com todo esse amor. Apenas confie Nele e toda amanhã sinta as mãos Dele ajeitando a coroa que Ele acaba de te dar. Não abaixe este lindo rosto muito menos chore, você nasceu para sorrir, para ser feliz.



7 Comentários

  1. Você escreve super bem, inspirada pelo Senhor!

    Beijos!

    bloggarotaunica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! *--*
      Obrigada pelo carinho! E pela visita ♥
      Beijinhos :*

      Excluir
  2. Owm lindo! Parabéns Thais você escreve muito bem lindo texto! bjs
    www.maniasdapatty.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada >.<
      Fico muito feliz por você ter gostado! Que Deus te abençoe.
      Beijinhos :*

      Excluir
  3. Deus é perfeito o centro de tudo na minha vida.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. nossa você escreve muito bem, Deus é perfeito *-*
    beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

11/10/2014

A plebeia e o senhor




Oi meninas! Que a paz e o amor do Senhor sejam com vocês. Como vocês estão? Espero que bem! Uma das coisas que mais gosto de fazer é escrever contos, como não tinha postado nenhum no Ela é Cristã ainda estou trazendo um hoje. Espero que vocês gostem e que Deus fale com vocês através dele.

"Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração."
I Samuel 16:7

Clara saiu corrende de casa naquela manhã, estava cansada de acordar cedo todas as manhãs para ajudar a mãe nos afazeres domésticos, nunca tinha tempo para si ou para rever as lições da escola, estava de ser a única garota da escola a não ter nada de melhor...

A garota de 14 anos morava em um pequeno reino, seus pais trabalhavam no castelo, sua mãe era uma das cozinheiras e seu pai cuidava dos cavalos. Eles moravam numa pequena casa nos fundos do castelo e por Clara ter crescido dentro do palácio ela recebeu o convite da rainha Kimberly de estudar na escola mais conceituada do reino.

A oportunidade de receber uma educação de qualidade entre a elite do reino fez Clara sonhar com um futuro melhor e ela não pensou duas vezes em aceitar o presente. Só que com o passar do tempo a menina começou a sentir na pele a diferença em ser a única plebeia da escola. Ela nunca tinha roupas novas, sua mochiça era  mais simples, estava sempre cansada porque tinha que ajudar a mãe nas tarefas de casa...

E naquela manha a menina fadada a ser apenas mais uma entre seu povo saiu as pressas de casa correndo em direção a mata que cercava os muros do castelo. Lágrimas corriam por suas bochechas, soluços profundos faziam com que sua respiração falhasse enquanto corria.

- Por que eu não sou a princesa? Por que logo eu tinha que nascer num lar tão simples? Por que eu nunca posso ter nada? - a menina se perguntava enquanto se embrenhava na mata. Depois de correr por uns 10 minutos, Clara sentou-se aos pés de uma grande árvore, ela agorrou-se aos joelhos e chorou ainda mais.

Ela só queria ser como as outras garotas da sua idade, queria poder ir pra escola sem ter que se preocupar diariamente com o futuro que teria, queria poder ter um guarda-roupa com vestidos bonitos e sapatilhas brilhantes, queria poder ter um bom perfume e quem sabe uma daquelas máquinas de fotografia... Ela queria ser como qualquer outra adolescente, era pedir demais?

Clara continuava chorando até que sentiu uma mão tocar o seu embor, assustada ela levantou os olhos e viu um senhor em pé na sua frente. Ele tinha olhos bondosos, mas demonstrava estar preocupado com a garota. Clara enxugou as lágrimas e ajeitou o cabelo, uma das primeiras lições da escola era sempre estar apresentável.

- Oi. - ela disse.

- Oi - ele disse enquanto sentava ao lado de Clara - por que você está chorando numa floresta, moça?

Nos minutos seguintes Clara contou toda a sua história para o senhor, ele demosntrava preocupação e ouviu atentamente. Assim que Clara terminou de falar, o senhor colocou-se de pé e estendeu a mão para a menina, ele a ajudou a levantar e continuou segurando sua mão.

- Deixe eu te mostrar uma coisa. - ele começou a camihar entra as árvores, eles foram de encontro a luz que enradiava com mais força entre as folhas das árvores até se aproximare de um penhasco de onde se podia ver todo o reino.

- Sabe moça, nós nos preocupamos muito com aparência, com status. Quem não queria estar no lugar do rei? Quem não queria ser dono de todas essas terras? Eu entendo o seu desejo em ser apenas uma garota, acredito que seus pais gostariam tanto quanto você de poder te dar uma vida melhor e claro que você tem todo o direito de desejar e buscar esse sonho, mas não pertube o seu pequeno coração com essas ideias. - ele parou por um instante deixando que suas palavras alcançassem o coração da garota.

- Além desse céu azul há um Rei muito melhor do que o nosso. Ele se preocupa com cada um dos seus, Ele está atento ao mais rico e ao mais pobre também. Para esse Rei o título de nobreza que você tem ou deixa de ter não importa, Ele não está de olho nas riquezas nem na beleza da pessoa, Ele olha o coração. E neste momento Ele está olhando o seu, menina. Ele me enviou até você para que eu pudesse te dizer isso: você é a menina Dele, sua vida está sendo cuidada por Ele. Não se preocupe deseseradamente com o amanha nem fique presa ao passado, viva o hoje porque a sua vida está nas mãos Dele. - o senhor enxugou uma lágrima que rolava pela bochehcha rosada de Clara.

- Você é tão importante para Ele quanto a princesa deste reino. Na verdade você é a princesa Dele e Ele deseja que você entenda isso. Você é amada e Ele ainda irá te surpreender com todo esse amor. Apenas confie Nele e toda amanhã sinta as mãos Dele ajeitando a coroa que Ele acaba de te dar. Não abaixe este lindo rosto muito menos chore, você nasceu para sorrir, para ser feliz.


7 comentários:

  1. Você escreve super bem, inspirada pelo Senhor!

    Beijos!

    bloggarotaunica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! *--*
      Obrigada pelo carinho! E pela visita ♥
      Beijinhos :*

      Excluir
  2. Owm lindo! Parabéns Thais você escreve muito bem lindo texto! bjs
    www.maniasdapatty.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada >.<
      Fico muito feliz por você ter gostado! Que Deus te abençoe.
      Beijinhos :*

      Excluir
  3. Deus é perfeito o centro de tudo na minha vida.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. nossa você escreve muito bem, Deus é perfeito *-*
    beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir