Holanda era uma jovem que gostava de se divertir, ir para as baladas, curtir sua liberdade pois sabia que era muito nova e queria aproveitar ao máximo sua juventude, mesmo tendo apenas dezessete anos.  Desde quando se entendia por gente, Holanda já namorava, ficava com um ou outro, como a mãe, ela era muito bonita e também não gostava de relacionamento sério com ninguém, falava que quando encontrasse o verdadeiro amor de sua vida, seria para sempre, tudo seria diferente e reconheceria que era para ser o seu. Sua mãe era uma senhora de sessenta anos, muito vaidosa e que gostava de se cuidar, apresentava ter bem menos,  já seu pai tinha cinquenta e oito porém apresentava ter mais. Holanda era sua filha única. Os dois frequentava a Igreja porém Holanda nunca foi de frequentar a Igreja e nem de seguir qualquer religião que seja, por gostar de beber álcool muitos diziam que ela era da Igreja "Litro Seco", era uma piada isso.  
Certo dia Holanda foi para uma festa com seus amigos, como sempre fazia em todos os finais de semana. A festa estava animada, tudo estava muito bom para Holanda. Nesse dia ela conhece o Adrian, um gato de olhos negros, os dois  ficam e daí em diante a relação dos dois fica ainda mais profunda. Só que Holanda não sabia que o Adrian era envolvido com tráfico de drogas, aliás poucas pessoas sabiam disso, ele auxiliava no transporte, cada dois meses ele viajava com as drogas escondidas no meio de suas bagagens, ele dizia para ela que tinha que visitar uma tia doente a cada dois meses pois o estado de saúde dela era grave, Holanda estava tão apaixonada que nunca lhe passou por sua cabeça que poderia ser mentira. Passou-se dois anos e eles foram morar juntos e ficou mais difícil para o Adrian sustentar sua mentira, estava cada vez mais evidente, até que Adrian não só transportava mais agora ele consumia a droga, passando a ficar devendo para os traficantes. Holanda descobriu o que estava acontecendo, só que já era tarde demais, na mesma semana descobriu que estava grávida. Contou para seus pais e eles queriam tirá-la das mãos dele, as ameaças que ele fazia e o medo impediu que isso acontecesse. Até que a polícia estava investigando os traficantes de drogas naquela parte da cidade e chegou onde o Adrian estava, Holanda viu sua casa ser revirada, seu marido ser preso, por pouco ela não foi junto. Sozinha, grávida e sem marido, essa era a situação de Holanda, seus pais levaram ela para sua casa, cuidaram dela até quando seu bebe nasceu, Holanda teve que ouvir os vizinhos e o mundo inteiro falando mal e criticando-a. Ela começou a ser evangelizada por sua mãe, que ajudou ela mais agora do que durante toda a sua vida de solteira. Depois de tanto errar Holanda pode se voltar a Deus e o aceitar, viver para Jesus. Na Igreja ela conheceu um rapaz cristão chamado Alberto, ele era uma boa pessoa, com o tempo ela aprendeu a amá-lo de verdade, eles se casaram. Ele ajudou na criação do Gugu (Gustavo) filho do Adrian e ela teve outro filho, uma menina chamada Sabrina. O seu ex, Adrian, foi condenado a passar anos a perder de vista na cadeia.  Holanda e Alberto conseguiram formar uma família, ela trabalhava de secretária em uma empresa Fertilizantes, ele trabalhava como Contador. 
Holanda finalmente percebeu a diferença entre viver os nossos sonhos e viver os sonhos de Deus.







4 Comentários

  1. Parabéns pelo texto uma benção! bjs
    www.maniasdapatty.com

    ResponderExcluir
  2. Amei o texto, amore!
    Parabéns :D
    Que Deus te abençoe, nesse começo de semana! Haha ^^
    Bjoos
    http://creativitymakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. lindo texto, viver na presença de Deus é maravilhoso, as coisas do mundo um dia vão, e só Deus fica!
    Fica com Deus!
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25/10/2014

Nova História


Holanda era uma jovem que gostava de se divertir, ir para as baladas, curtir sua liberdade pois sabia que era muito nova e queria aproveitar ao máximo sua juventude, mesmo tendo apenas dezessete anos.  Desde quando se entendia por gente, Holanda já namorava, ficava com um ou outro, como a mãe, ela era muito bonita e também não gostava de relacionamento sério com ninguém, falava que quando encontrasse o verdadeiro amor de sua vida, seria para sempre, tudo seria diferente e reconheceria que era para ser o seu. Sua mãe era uma senhora de sessenta anos, muito vaidosa e que gostava de se cuidar, apresentava ter bem menos,  já seu pai tinha cinquenta e oito porém apresentava ter mais. Holanda era sua filha única. Os dois frequentava a Igreja porém Holanda nunca foi de frequentar a Igreja e nem de seguir qualquer religião que seja, por gostar de beber álcool muitos diziam que ela era da Igreja "Litro Seco", era uma piada isso.  
Certo dia Holanda foi para uma festa com seus amigos, como sempre fazia em todos os finais de semana. A festa estava animada, tudo estava muito bom para Holanda. Nesse dia ela conhece o Adrian, um gato de olhos negros, os dois  ficam e daí em diante a relação dos dois fica ainda mais profunda. Só que Holanda não sabia que o Adrian era envolvido com tráfico de drogas, aliás poucas pessoas sabiam disso, ele auxiliava no transporte, cada dois meses ele viajava com as drogas escondidas no meio de suas bagagens, ele dizia para ela que tinha que visitar uma tia doente a cada dois meses pois o estado de saúde dela era grave, Holanda estava tão apaixonada que nunca lhe passou por sua cabeça que poderia ser mentira. Passou-se dois anos e eles foram morar juntos e ficou mais difícil para o Adrian sustentar sua mentira, estava cada vez mais evidente, até que Adrian não só transportava mais agora ele consumia a droga, passando a ficar devendo para os traficantes. Holanda descobriu o que estava acontecendo, só que já era tarde demais, na mesma semana descobriu que estava grávida. Contou para seus pais e eles queriam tirá-la das mãos dele, as ameaças que ele fazia e o medo impediu que isso acontecesse. Até que a polícia estava investigando os traficantes de drogas naquela parte da cidade e chegou onde o Adrian estava, Holanda viu sua casa ser revirada, seu marido ser preso, por pouco ela não foi junto. Sozinha, grávida e sem marido, essa era a situação de Holanda, seus pais levaram ela para sua casa, cuidaram dela até quando seu bebe nasceu, Holanda teve que ouvir os vizinhos e o mundo inteiro falando mal e criticando-a. Ela começou a ser evangelizada por sua mãe, que ajudou ela mais agora do que durante toda a sua vida de solteira. Depois de tanto errar Holanda pode se voltar a Deus e o aceitar, viver para Jesus. Na Igreja ela conheceu um rapaz cristão chamado Alberto, ele era uma boa pessoa, com o tempo ela aprendeu a amá-lo de verdade, eles se casaram. Ele ajudou na criação do Gugu (Gustavo) filho do Adrian e ela teve outro filho, uma menina chamada Sabrina. O seu ex, Adrian, foi condenado a passar anos a perder de vista na cadeia.  Holanda e Alberto conseguiram formar uma família, ela trabalhava de secretária em uma empresa Fertilizantes, ele trabalhava como Contador. 
Holanda finalmente percebeu a diferença entre viver os nossos sonhos e viver os sonhos de Deus.






4 comentários:

  1. Parabéns pelo texto uma benção! bjs
    www.maniasdapatty.com

    ResponderExcluir
  2. Amei o texto, amore!
    Parabéns :D
    Que Deus te abençoe, nesse começo de semana! Haha ^^
    Bjoos
    http://creativitymakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. lindo texto, viver na presença de Deus é maravilhoso, as coisas do mundo um dia vão, e só Deus fica!
    Fica com Deus!
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir