Um dos desafios dos jovens cristãos de hoje em dia é o compromisso com Deus, a certeza de que o Senhor é o único que pode nos livrar de todas os males que vier sobre nós. Lembro-me de José, um jovem de dezessete anos que era o único entre os seus irmãos que obedecia e fazia aquilo que seu pai mandava, os outros irmãos eram todos desobedientes a Jacó e por isso José sempre contava as coisas erradas que eles faziam para seu pai. Penso comigo que José era como muitos de nós, sem malícia a respeito das pessoas, não tinha ódio em seu coração e também não guardava mágoa dos que lhe faziam o mal, era assim José. Em um mundo cheio de corrupção, cheio de ódio, inveja, ganância, falta de fé, vemos que a única salvação é Deus. No tempo de José não era diferente do nosso tempo, em pleno século XXI, os problemas espirituais são os mesmos. No tempo de José, não se podia contar os sonhos para os inimigos, para aquelas pessoas que o desejavam o mal, hoje em dia também é assim, não podemos contar os nossos planos e sonhos principalmente para quem já demonstrou que não gosta de nós, no tempo de José não se podia rejeitar aquilo que o mundo tem pra nós que uma cilada para acabar com a reputação já era armada, hoje em dia também, no tempo de José houve uma crise econômica e ele como governador soube administrar os anos de fartura para se livrar do aperto em tempos de seca, hoje em dia também é assim em nossa vida financeira. Sabe qual é a diferença de José? Ele não se deixou abalar e permaneceu em Deus em todos os cenários em que ele passou, era servo de Deus quando estava com seu pai, foi servo de Deus sendo preso, foi servo de Deus quando saiu da prisão, foi servo de Deus pra sempre.  Muitas vezes nós não somos servos de Deus quando nos irritamos, não somos servos de Deus quando damos o troco com a mesma moeda em vez de dar uma moeda com valor maior para quem lhe maltratou, humilhou, vendeu. José foi para sempre um exemplo de cristão que guardou a sua fé em Deus, ergueu a sua cabeça, usou os sonhos que Deus lhe deu para fazer o que o Senhor mesmo quis que ele fizesse. Foi usado para tirar muitas famílias da fome quando começou a fornecer alimentos em tempo de seca para os moradores vizinhos, recebeu seus irmãos e ainda mostrou para todos com suas atitudes qual Deus que ele servia, o Deus que tem misericórdia e compaixão dos nossos próprios inimigos, o Deus que em todo o momento está com a gente para nos ajudar em tudo e com tudo. 
Para quem quiser saber mais da história de José, basta acessar a Bíblia em Gênesis 37 em diante).






2 Comentários

  1. Nesse mundo está cada vez mais difícil encontrarmos pessoas que seguem os preceitos de José, de José e de Cristo. Pessoas que são boas de coração e não desejam o mal ao outro.
    Mas temos fé. E isso é o que importa.
    Beijos
    http://mhilkadiniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lindo Edmara. Como sempre, arrasando com lições maravilhosas em seus posts :)
    Uma das coisas que mais me admirou em José, foi a capacidade de perdoar. Mesmo
    diante de uma possibilidade de vingança contra seus irmãos, ele optou pelo mais difícil: o perdão!
    Fica com Deus amada ♥
    https://uma-palavradefe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21/10/2014

Os Princípios de José em minha vida


Um dos desafios dos jovens cristãos de hoje em dia é o compromisso com Deus, a certeza de que o Senhor é o único que pode nos livrar de todas os males que vier sobre nós. Lembro-me de José, um jovem de dezessete anos que era o único entre os seus irmãos que obedecia e fazia aquilo que seu pai mandava, os outros irmãos eram todos desobedientes a Jacó e por isso José sempre contava as coisas erradas que eles faziam para seu pai. Penso comigo que José era como muitos de nós, sem malícia a respeito das pessoas, não tinha ódio em seu coração e também não guardava mágoa dos que lhe faziam o mal, era assim José. Em um mundo cheio de corrupção, cheio de ódio, inveja, ganância, falta de fé, vemos que a única salvação é Deus. No tempo de José não era diferente do nosso tempo, em pleno século XXI, os problemas espirituais são os mesmos. No tempo de José, não se podia contar os sonhos para os inimigos, para aquelas pessoas que o desejavam o mal, hoje em dia também é assim, não podemos contar os nossos planos e sonhos principalmente para quem já demonstrou que não gosta de nós, no tempo de José não se podia rejeitar aquilo que o mundo tem pra nós que uma cilada para acabar com a reputação já era armada, hoje em dia também, no tempo de José houve uma crise econômica e ele como governador soube administrar os anos de fartura para se livrar do aperto em tempos de seca, hoje em dia também é assim em nossa vida financeira. Sabe qual é a diferença de José? Ele não se deixou abalar e permaneceu em Deus em todos os cenários em que ele passou, era servo de Deus quando estava com seu pai, foi servo de Deus sendo preso, foi servo de Deus quando saiu da prisão, foi servo de Deus pra sempre.  Muitas vezes nós não somos servos de Deus quando nos irritamos, não somos servos de Deus quando damos o troco com a mesma moeda em vez de dar uma moeda com valor maior para quem lhe maltratou, humilhou, vendeu. José foi para sempre um exemplo de cristão que guardou a sua fé em Deus, ergueu a sua cabeça, usou os sonhos que Deus lhe deu para fazer o que o Senhor mesmo quis que ele fizesse. Foi usado para tirar muitas famílias da fome quando começou a fornecer alimentos em tempo de seca para os moradores vizinhos, recebeu seus irmãos e ainda mostrou para todos com suas atitudes qual Deus que ele servia, o Deus que tem misericórdia e compaixão dos nossos próprios inimigos, o Deus que em todo o momento está com a gente para nos ajudar em tudo e com tudo. 
Para quem quiser saber mais da história de José, basta acessar a Bíblia em Gênesis 37 em diante).





2 comentários:

  1. Nesse mundo está cada vez mais difícil encontrarmos pessoas que seguem os preceitos de José, de José e de Cristo. Pessoas que são boas de coração e não desejam o mal ao outro.
    Mas temos fé. E isso é o que importa.
    Beijos
    http://mhilkadiniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lindo Edmara. Como sempre, arrasando com lições maravilhosas em seus posts :)
    Uma das coisas que mais me admirou em José, foi a capacidade de perdoar. Mesmo
    diante de uma possibilidade de vingança contra seus irmãos, ele optou pelo mais difícil: o perdão!
    Fica com Deus amada ♥
    https://uma-palavradefe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir